Publicitários se juntam a roqueiros para ajudar Aleppo

Rock por Aleppo

No próximo dia 29 de abril, na Fundição Progresso, os roqueiros cariocas poderão balançar suas cabeças ao som do Tihuana, Detonautas, Caio Corrêa (ex-Scracho) e outras bandas de rock, enquanto ajudam as crianças de Aleppo, na Síria.

O projeto, batizado de “Rock por Aleppo – Show pela Síria”, nasceu de publicitários que trabalham no Rio de Janeiro. Entre eles, o diretor de arte Christian Laurito, da Agência3, e o redator Fábio Maia, da Geometry Global. Ambos amantes de música. Fábio também é DJ e Christian é irmão do baixista do Tihuana, Román Laurito.

Meses atrás, quando o drama das crianças de Aleppo começou a chegar à mídia, surgiu entre eles a sensação de que precisavam participar do socorro às vítimas do conflito. Logo foram se juntando vários outros profissionais do mercado. Da própria Agência3, a planejadora Isabelle de Paula e o profissional de redes sociais Lincoln da Mata. Da Staff, o diretor de arte digital Guilherme Chaves. Do estúdio Lightfarm, Ramon Saroldi. E, de produtoras, Nicole Santaella (Conspiração), Luciano Cyan e o dublê de músico e produtor de filmes Caio Corrêa (Flash Filmes).

Com a turma reunida, já surgiu logomarca, videoclipe, camiseta, página no Facebook e o site benfeitoria.com/rockporaleppo, onde todo o projeto está explicado para o público. O esforço é para arrecadar fundos que banquem a infraestrutura do show e permita mandar 45% para enviar a Aleppo, através da ONG Save the Children, da ONU. Até o momento foram arrecadados R$ 2.200, mas meta é chegar a R$ 30 mil até 27 de abril.

Dinâmica Talentos
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta