Cintra & Claro: Coincidência? Tô dentro!

Cintra e Claro: Tô Dentro
Tô Dentro: Frame do comercial da Binder para Cintra e imagem do site da Claro.
Tô Dentro: Frame do comercial da Binder para Cintra e imagem do site da Claro.

Onze anos depois de a cerveja Cintra ter lançado uma campanha com a expressão “Tô Dentro”, assinada pela Binder, é a vez de a Claro voltar ao tema, em sua nova campanha, pela agência Talent Marcel.

A frase popular havia sido adotada pela cervejaria em sua campanha de verão, no finalzinho de 2006, numa criação do diretor de arte Edu Garretano e do redator José Francisco Tapajós, sob a direção de criação de Bob Gueiros.

Garretano, em conversa com a Janela, lembrou que o “Tô Dentro!” virou uma expressão de domínio público, vizinho de porta do inconsciente coletivo e foi beber no mesmo bar que a serendipidade. “Daí, acredito ser natural ir para o Anuário de Coincidências da Propaganda (oups, olha aí uma ideia ?)”, brincou. Glaucio Binder, presidente da agência, acrescentou achar “uma coincidência absolutamente natural. Segmentos diferentes, muito tempo entre os dois esforços. Mas me deu saudade.”

"Tô Dentro", segundo a Drogaria São Paulo
“Tô Dentro”, segundo a Drogaria São Paulo

Este colunista confessa que adoraria descobrir quem,  no Brasil, usou pela primeira vez a expressão “Tô Dentro”. Terá sido uma piada? Um bordão de televisão?

Não faltam memes na internet com a expressão “Tô Dentro”, além da conhecida piada do “Sexo? Tô Dentro, Tô Fora, Tô Dentro, Tô Fora”. Em 2010, a agência 6P, de Ribeirão Preto, também entrou na brincadeira, com a campanha de Vestibular 2010 “Tô Dentro” para seu cliente Sabin. E, em 2011, a Drogaria São Paulo adotou o “Tô Dentro” para a campanha de doação de sangue “Tô Dentro. Solidariedade: leve essa ideia no peito”.

O "Tô Dentro" da 6P
O “Tô Dentro” da 6P

Na Talent Marcel, a criação da nova campanha da Claro foi de Daniel Leitão e Sleyman Khodor, com direção de criação de Eduardo Martins e Daniell Rezende. Todos criativos com extensa carreira de premiações. Para a Janela, Khodor garantiu que não tinha a menor lembrança da campanha da Cintra. E Eduardo Martins também se surpreendeu com a informação, alegando “total desconhecimento” do trabalho da Binder. E, lembrou que “Tô Dentro” é uma expressão popular. “É fácil de esbarrar com ela”, justificou.

Dinâmica Talentos
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta