Publicidade: Alfa

Em Digital Craft, Brasil tem 8 finalistas. Em Creative Effectiveness, nenhum.

A sonorização do filme Nosferatu, do expressionista alemão F.W.Murnau, rendeu mais dois shortlists para a AlmapBBDO, agora em duas categorias do Digital Craft. Com ele, mais quatro trabalhos foram selecionados, incluindo o carioca “Movido a Respeito”, da Globo, que já pode comemorar ser o trabalho do Rio mais premiado em Cannes 2017.

Vamos ver se esta ano o país leva mais Leões do que em 2016, quando festejou apenas a prata de Infinitas Possibilidades, da AlmapBBO para a Getty, entre oito finalistas nacionais.

Estes foram os trabalhos brasileiros do shortlist deste ano:

  • Nosferatu / AlmapBBDO / Getty Images (2 categorias)
  • The never-ending Forest App / David / Faber-Castell
  • The Corruption Converter / FCB / Estadão
  • Mobile Arcade / R/GA / Google
  • Movido a Respeito / Globo Comunicação / Instituto Rodrigo Mendes
Creative Effectiveness

Mais uma vez o Brasil fica sem candidatos a Leões no Creative Effectiveness, onde o país inscreveu apenas 7 peças.

Esta competição, na verdade, não é a que tem mais procura em Cannes. Tanto que foram nada mais que 34 trabalhos em todo o shortlist. Cannes não é um lugar para se julgar eficiência em criatividade!

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta