Magazine Luiza irrita fotógrafos com comercial do iPhone 7

"Fotógrafo Profissional", do Magazine Luiza

Um comercial do Magazine Luiza para promover a qualidade fotográfica do iPhone 7 irritou a comunidade fotográfica brasileira a ponto de a diretora presidente da empresa, Luiza Helena, ter que se desculpar pessoalmente com algumas das lideranças da atividade e emitir um comunicado informando que a peça foi retirada de circulação.

No comercial, uma noiva lamenta que o fotógrafo de seu casamento “deu o cano”, fazendo com que um amigo, que recém havia comprado um iPhone 7 no Magazine Luiza, a despreocupasse, assumindo ele a cobertura do evento. Vejam o filme:

Pelas redes sociais, os fotógrafos lamentaram desde o Magazine acusar um colega de ter sido irresponsável por não comparecer ao casamento até a sugestão de que ninguém mais precisaria contratar os serviços de profissionais.

Segundo o site “Papo de Fotógrafo”, Luiza Helena teria afirmado que “a campanha foi produzida pela própria Apple, proprietária da marca iPhone, e que seu departamento de marketing aprovou sem imaginar que o comercial seria ofensivo aos fotógrafos”.

Veja o pedido oficial de desculpas da rede:

“A diretoria do Magazine Luiza, em nome dos seus 20.000 colaboradores, pede sinceras desculpas a toda a comunidade de fotógrafos do Brasil. Isso porque, na última sexta-feira, dia 4 de agosto, veiculamos na TV e na nossa página no Facebook um anúncio do iPhone 7 que incomodou, profundamente, muitos desses profissionais.
Jamais tivemos a intenção de ofendê-los com nossa peça de publicidade. Mas, mesmo sem querer, cometemos erros. E, desta vez, erramos com vocês. O anúncio já foi retirado de circulação.
Sabemos que nenhum equipamento, por melhor que seja, substitui o profissionalismo, a técnica e, sobretudo, o olhar sensível de um bom fotógrafo. Vocês fazem e continuarão a fazer parte dos registros dos melhores momentos das vidas de cada um de nós. Por isso, de novo, pedimos sinceras desculpas.”
Dinâmica Talentos
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
  • André Senra

    sinceridade no pedido de desculpas sempre ganha pontos comigo. É preciso coragem para assumir os eventuais tropeços.

  • Antonio Luiz Accioly Netto

    Depois desta, quem precisa do CONAR ?…………?

seta