Michel Lent: “O Rio pode ser base para agências atenderem todo o Brasil.”

Michel Lent

As agências do Rio deveriam seguir o exemplo americano de conquistar clientes que não são da própria cidade. A tese é do fundador da agência Lent/AG, Michel Lent, em entrevista à Janela, citando que nos Estados Unidos, grandes anunciantes entregam suas contas para agências que não necessariamente entregam suas contas para publicitários de Nova York ou Los Angeles.

Lent defende também que, para muitos clientes, suas agências sequer precisam ter uma super estrutura física para lhes atender satisfatoriamente.

Vejam o que ele diz:

2D, 3D e MOTION
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta