Publicidade: Alfa

Nova Onda assina a dublagem da campanha de retorno do Bubbaloo Banana

Bubbaloo Banana e Luiz Carlos Persy

A volta ao mercado do chiclete Bubbaloo Banana — sucesso dos anos 90 — ganhou campanha da agência F/Nazca com a participação fundamental da produtora carioca Nova Onda na dublagem dos macacos que estrelam os comerciais.

Orlei Gonçalves
Orlei Gonçalves: mercado está reaquecendo.

O diretor da produtora, Orlei “Passarinho” Gonçalves, em conversa com a Janela, explicou que o desafio que a agência lhe passou foi descobrir um dublador que passasse uma possível voz de macaco e soubesse representar de forma engraçada a seriedade do novo CEO do fictício “Grupo Bubbaloo”, responsável por corrigir o equívoco que foi o cancelamento da produção do chiclete sabor banana.

Passarinho conta que inúmeros atores foram chamados para testes na Nova Onda, até ser selecionado para incorporar o CEO Bartolomeu Simus o ator Luiz Carlos Persy (na foto principal, em destaque), que tem longa experiência em dublagem de televisão e cinema, como ter sido a voz do terrível Voldemort do Harry Potter.

Este primeiro filme — reproduzido no pé desta matéria — foi voltado para o público adulto, saudoso do produto. Na segunda fase da campanha, porém, foram produzidos diversos filmetes para o público mais jovem, com uma série de macacos igualmente dublados pela Nova Onda.

Este trabalho mais a realização da trilha do comercial da Avianca que está circulando bastante pela mídia, para Gonçalves, são indicativos da retomada de negócios que está acontecendo no mercado publicitário. Ambos os trabalho são para agências de São Paulo, onde a Nova Onda mantém escritório há alguns anos.

Para quem tiver saudades do comercial de lançamento do Bubbaloo Banana nos anos 90, veja aqui no Youtube.
Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta