Saravah vai cuidar do branding da escola de samba Portela

Carlos Monteiro: "A águia é intocável"
Carlos Monteiro: “A águia é intocável”

A azul e branco Portela, escola de samba campeã do Carnaval carioca de 2017, acaba de assinar um contrato com a agência Saravah, de Cristiano Junqueira e Cristiano Mansur, para profissionalizar a gestão da sua marca.

O projeto foi apresentado esta semana, na quadra da agremiação, quando o assessor de marketing da Portela, Paulo Renato Vaz, adiantou que a escola quer “valorizar e potencializar ainda mais o gigantesco patrimônio imaterial da agremiação”.

“É um momento histórico para a escola! Com este passo estamos alçando a Portela a um patamar ainda mais elevado. A partir de agora é rentabilizar ao máximo a marca e tornar a agremiação ainda mais sustentável e competitiva”, disse Vaz.

O diretor-executivo da agência, Cristiano Mansur, adiantou que a Saravah vai começar uma pesquisa com a comunidade para chegar à revitalização de suas identidades visuais. Mas o projeto vai além disso: “Queremos levar a Portela a um trabalho de autoconsciência, para que a marca se projete para o futuro, pronta para explorar melhor todo seu potencial no Brasil e no mundo.”

Carlos Monteiro, que comanda a área de Novos Negócios da Saravah, tranquiliza os portelenses, no entanto, garantindo que, naturalmente, ninguém vai tirar a águia como símbolo da escola. “Ela é intocável. Mas vamos estudar se ela pode ser ‘repaginada'”, esclareceu.

Além disso, a comunicação visual de tudo o que se referir à Portela vai ganhar um Manual de Marca, como qualquer empresa mais estruturada tem, definindo de cores e tipologia que poderão ser usadas. E a quadra da escola de Madureira ganhará um estudo de propriedades, para que a Portela possa saber o que poderá dar de contrapartida aos patrocinadores.

Mesmo sem poder revelar valores, o publicitário conta que a Saravah será remunerada pelo projeto, recebendo integral e parceladamente da própria escola.

A iniciativa, em um momento de crise também no Carnaval carioca, quando a Prefeitura anunciou a redução na sua verba de apoio às escolas, também se propõe identificar junto à comunidade, baluartes, direção e apaixonados pelo Carnaval:

“A Portela surgirá mais forte e pronta para levantar voos ainda maiores na direção do mercado consumidor, de eventos e cultural, para além de seus muros, para além da Sapucaí”, avaliou o presidente Luis Carlos Magalhães.

Na foto de Kássio Araújo (da esq. para dir.), Carlos Monteiro, Luiz Carlos Magalhães, Monarco, Tia Surica e Cristiano Mansur.

Dinâmica Talentos
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta