BNB revoga a revogação e confirma a conta na Bolero e na EBM Quintto

BNB - Mais para você

Revogada em junho de 2017, a concorrência pela conta do Banco do Nordeste (BNB), orçada em R$ 35 milhões anuais, foi retomada, com a estatal confirmando a vitória das agências cearenses Bolero e EBM Quintto, que haviam chegado nos dois primeiros lugares da fase técnica, com 97,66611 pontos e 94,05445 pontos, respectivamente.

Entre as três classificadas — de 18 concorrentes –, ficou em terceiro a pernambucana MartPet, com 84,36056 pontos. Ela e a Bolero já vinham atendendo a conta do BNB, e tiveram seus contratos prorrogados até fevereiro de 2019 ou a definição da nova disputa.

Colocada sob suspeita, a concorrência 2017/005, que começou em março do ano passado, foi revogada “por razões de interesse público, considerando a possibilidade de conferir maior competitividade ao certame”, como publicado na justificativa do ato. O Sindicato das Agências do Ceará chegou a emitir nota de protesto, questionando como a participação de tantas concorrentes não significaria competitividade suficiente.

Após a fase técnica, foram consideradas desclassificadas as licitantes Advance (CE), Agência Nacional (RJ), Agência Um (PE), Ágil (CE), Ampla (PE), CCA (BA), DA Multicom (SP), Delantero (CE), Fazenda (MG), Ítalo Bianchi (PE), Objectiva (BA), PAZ (PR), Register (CE), SLA (BA) e Slogan (CE).

MX Publicidade
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta