Wide faz concorrência entre agências do Rio para doação de roupas

Concorrência do Bem, pela Wide

Durante esta semana, várias agências cariocas receberam cartazes — sem identificação do remetente — convidando-as a participar de uma “Concorrência do Bem”. Criada pela agência Wide — só agora revelada — a ação social quer estimular a que os publicitários, que vivem se enfrentando em disputas de contas, agora concorram para saber quem conseguirá doar mais agasalhos para a população carente do Rio de Janeiro.

Encaminhados aos diretores de criação, os cartazes brincam no título com situações de identificação imediata pelo publicitário, como “Nunca foi tão bom colocar uma peça na rua” e “Não é só o mercado carioca que não está aquecido”.

Segundo Leonardo Silveira, sócio e head de planejamento da Wide, “Não faz sentido pedir para que nossos clientes se engajem em causas sociais sem que a gente faça o mesmo. É fundamental usar nossas habilidades e conhecimentos técnicos para abraçar essas iniciativas, independente do tamanho que elas tenham”.

Até o momento, já receberam o convite 11:21, 3A Worldwide, Agência3, Artplan, Binder, Camisa 10 e Fullpack. Mas Pedro Portugal, diretor de criação da agência, adianta que o convite é extensivo a todo o mercado. A partir de agosto, os voluntários da campanha passarão pelas agências participantes para recolher as doações, que serão distribuídas aos moradores de rua durante a noite. “Os criativos da Wide compraram muito a ideia. Vamos retirar pessoalmente as doações. E para participar, é só ligar pra gente!”, explicou.

Dois dos cartazes distribuídos às agências cariocas na campanha "Concorrência do Bem",.
Dois dos cartazes distribuídos às agências cariocas na campanha “Concorrência do Bem”,.
FICHA TÉCNICA

Direção de Criação: Pedro Portugal
Direção de Arte: Kissyla Clarkson
Redação: Bruno Bruhr e Patrícia Macedo
Atendimento: Camila Depentor
Aprovação: Leonardo Silveira

MX Publicidade
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta