Fullpack conquista conta do Ecad

Nova marca do Ecad, pela Tátil

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) é o mais novo cliente da Fullpack. A instituição, que completou 40 anos em 2017, está desde o ano passado passando por um rebranding para ganhar a boa vontade dos profissionais da área musical, que tanto criticam a distribuição dos direitos autorais que o órgão cobra das emissoras e empresas executoras de música. O redesenho da marca pela Tátil, como aparece na ilustração, ganhou o conceito “Para manter a música viva”, por exemplo, além de brincar com as letras E, C, A e D, que, coincidentemente, também são identificadas como notas ou acordes por quem conhece música.

“Com a conclusão do trabalho de rebranding, entendemos que seria fundamental integrar nossas ações de comunicação em uma única agência. Acreditamos muito no trabalho da Fullpack para este desafio de fazer a sociedade perceber que a nossa marca é o reflexo do nosso objetivo diário que é manter a música viva. Estamos muito animados com o que vem por aí com esta nova parceria”, declara Mônica Gonçalves, gerente de Comunicação e Marketing do Ecad.

O Ecad garante que, no último ano, foram distribuídos mais de R$ 1 bilhão de direitos autorais, beneficiando 259 mil compositores e artistas, o que representou um crescimento de 37% em relação ao ano anterior.

A entrada do Ecad é parte do novo trabalho de prospecção da Fullpack, agora sob o comando executivo de Álvaro Rodrigues. A agência, no período, também passou a trabalhar para contas como Fox Sports, Infoglobo, BarraShopping e Plural.

Veja abaixo o vídeo de 2017, produzido para o Ecad, contando o desenvolvimento da nova marca.

MX Publicidade
Publicidade

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta