• Eletromídia
    DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
  • Essa Coca é Fanta. E vice-versa. Empresa unifica as retornáveis

    A garrafa universal da Coca

    Todos os refrigerantes da Coca-Cola vendidos em embalagens retornáveis passam a usar, a partir de agora, o mesmo design, mudando apenas seu rótulo em papel. A iniciativa vai valer não só para as diversas Cocas e Fantas como para Sprite e Guaraná Jesus.

    As novas garrafas já estão sendo comercializadas no mercado do Centro-Oeste. Elas chegam ao Rio em dezembro e, em breve, a outros países da América Latina, como Argentina, Chile, Peru e Colômbia.

    O investimento da empresa na mudança de suas garrafas PET foi de R$ 100 milhões e a Coca quer investir mais nesta linha. “Hoje estamos com cerca de 20% do nosso volume comercializado composto por embalagens retornáveis, e a meta é chegar a 30% até 2020”, afirma Diogo Gioia, gerente de operações da Coca-Cola Brasil.

    Para o consumidor, a vantagem é poder escolher qual bebida deseja comprar toda vez que levar a embalagem vazia de volta para o ponto de venda.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta