• DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
    Quem vê esta coruja, Vota Eletromídia
  • brMalls cria Parque Digital para vender sua mídia em shoppings

    Shopping Tijuca, da brMalls

    Maior companhia de shopping centers da América Latina, responsável por 39 deles no Brasil, a brMalls tem agora uma estrutura apenas para comercializar seus espaços de mídia digital. Comandada por Fábio Amorim, head de Mídia do grupo, o Parque Digital passa a ser a responsável pelas novas negociações de espaço dos shoppings com agências e anunciantes, concentrando na nova marca os 50 profissionais que já cuidavam do setor desde 2013, quando a brMalls começou a comercializar seus espaços.

    Atualmente, oito shoppings da brMalls contam com propriedades de mídia digital: Villa Lobos, Tamboré e Jardim Sul, em São Paulo; NorteShopping e Shopping Tijuca (foto), no Rio de Janeiro; Shopping Recife; Shopping Curitiba; e Shopping Del Rey, em Belo Horizonte. Mas os planos são de que, até o fim do ano, mais três empreendimentos recebam equipamentos e o investimento prossiga para que todos os shoppings da rede possam estar integrados.

    A principal propriedade comercializada pelo Parque Digital estará no vão do shopping ou nas praças de alimentação, o que a empresa está chamando de “mega banners”, ou seja, painéis de LED dupla-face superfinos e de alta resolução, com 10 ou 15m² de área visual. Além disso, cada shopping participante terá totens com 20 faces espalhadas pelos corredores, que se somarão a telas de 43 polegadas na área de espera dos elevadores e telas de 21 polegadas dentro deles.

    As telas devem exibir mensagens publicitárias de 15 segundos, tendo uma grade de seis anunciantes simultâneos e um looping de um minuto e meio. Dessa forma, explica Fábio Amorim, “o Parque Digital brMalls oferece mais exposição para o mercado publicitário e o mesmo padrão de secundagem já praticado pelo mercado de OOH”. Segundo o executivo, “ao todo, serão 480 inserções por tela, enquanto players do mercado trabalham com a metade”.

    Todas as propriedades são verticais e seguem a tendência do mercado mobile, que é oferecer comunicações nessa orientação. “Isso garante ao anunciante a oportunidade de divulgar seu serviço ou produto simultaneamente no mega banner, totens e elevadores com apenas um único arquivo”, diz Amorim.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta