• DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
  • Paulo Castro é o novo diretor geral da Agência3

    Paulo Castro e Clóvis Speroni (2019)

    EM PRIMEIRA MÃO – O criativo Paulo Castro (à esquerda, na foto) acaba de ser nomeado o novo diretor geral da Agência3, enquanto Clóvis Speroni (à direita) passa a presidir o conselho da agência, que conta com os demais sócios Luciana Vasconi, Ângelo Ferrari Jr., Theo Drummond e o consultor Luiz Fernando Pedroso.

    Paulo Castro estava, desde 2015, como VP de Criação do Grupo 3+, que reunia a Agência3 e a Staff. Foi pela Staff que Castro entrou no grupo. Nesta agência, comprada pela Agência3 em 2011, vinha dirigindo a criação desde 2006, pouco depois de sair da VS, onde chefiou a área criativa por mais de sete anos.

    Para dar suporte a Castro na operação da Agência3 estarão Deborah Peixoto (diretora de Operações), Ingrid Lagrota (head de Atendimento), Roberto Vianello (head de Estratégia), Daniel Bonela (diretor de Criação) e Fabíola Mendonça (diretora financeira). Além disso, os sócios continuarão se dividindo no acompanhamento dos seus grupos de clientes.

    Outra novidade relativamente recente no board da Agência3 é o consultor Luiz Fernando Pedroso, que também presta o mesmo serviço para outras agências. O profissional tem uma extensa carreira como diretor financeiro, em grandes empresas como Ipiranga, Bolsa de Valores do Rio, O Globo e V&S/Young&Rubicam. Ele também foi CEO da Ediouro por 15 anos.

    Mais um pouco de História

    A Agência3 comemorou, no final de 2018, sua maioridade: 18 anos desde que se apresentou formalmente ao mercado, com uma festa em 27/11/2000 na boate By Marius, noticiada pela Janela à época.

    A nova empresa nasceu em um momento em que empresários de publicidade do Rio discutiam muito a fusão de empresas como solução para otimizar custos e enfrentar a queda de negócios que já se detectava. Neste processo é que se reuniram na nova empresa três tradicionais agências cariocas: Speroni (que trazia a expertise de contas de turismo), Genesis (forte nas áreas de varejo e mercado imobiliário) e Ferrari (com boa presença em contas públicas).

    No seu surgimento, a agência informava um faturamento de 5 milhões de reais.

    Já o carioca e tricolor Paulo Marcello de Castro Barbosa Filho começou a sua carreira em 1988 como estagiário na Contemporânea. No final do mesmo ano foi contratado pela McCann-Erickson onde, em 1994, foi promovido à direção de criação. Dois anos depois recebeu o Prêmio Destaque Mundial, concedido aos melhores do sistema McCann.

    Em seu currículo constam cursos de especialização em liderança e gerenciamento na Universidade de Columbia (Nova York) e de Miami. Sua lista de prêmios inclui diversos Colunistas, ABP, O Globo, Festival de Gramado e Festival da Língua Portuguesa.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta