• DPZ&T - Criatividade que gera resultados.
  • Oi volta a dividir sua conta, agora entre NBS e Artplan

    Oi

    A Oi está entregando para a Artplan a parte de sua conta residencial, aquela que nasceu nos tempos em que a operadora absorveu a Telemar (ex-Telerj). O segmento também era cuidado — com a parte da telefonia celular — pela NBS desde seu nascimento em 2002.

    Esta não é a primeira vez que o cliente faz este movimento. Em 2014, a empresa de telefonia chegou a ser atendida pela AlmapBBDO, que inclusive levou um Profissionais do Ano em 2015 para o cliente.

    Fontes do mercado garantiram à Janela que a agência continua responsável pela parcela mais importante da comunicação publicitária da Oi, referente à telefonia móvel.

    A Oi, em 2016, revelou-se envolvida em uma crise financeira sem precedentes, obrigando-a a lançar um plano de recuperação judicial para quitar dúvidas na casa de R$ 65 bilhões, considerado o maior pedido da história no país. Entre os credores, o Banco do Brasil, o BNDES e a Caixa. Este ano, a partir de um aumento de capital de R$ 4 bilhões, analistas começaram a avaliar a empresa mais positivamente.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta