• Colunistas 2019. Para quem sabe vencer desafios.
  • Meio rádio cresce e comunicadores ganham espaço na mídia

    Garcia no comercial da JLG para a Chatuba

    O crescimento da audiência do rádio — pesquisa da Deloitte divulgada esta semana garante que passará a da TV — está abrindo novas portas aos comunicadores daquele meio. Numa mesma semana, a Janela recebeu mais de um release falando sobre radialistas da Super Rádio Tupi, do Rio, que estão ganhando espaço em outras mídias como garotos-propaganda, aproveitando a sua credibilidade.

    A agência carioca JLG, por exemplo, contratou Garcia Duarte (foto), para estrelar um comercial da Chatuba Materiais de Construção. A peça foi ao ar durante todo o mês de janeiro, nas redes Globo, Bandeirantes, Record e SBT, além de outras emissoras do dial. De acordo com a publicitária Jo Mascouto, da JLG, por conta de seu “grande apelo popular”, Duarte já foi contratado para aparecer em outras peças da Chatuba na TV e no rádio durante todo o ano.

    Ainda da Tupi, a voz do conhecido Antonio Carlos pode ser ouvida em peças do Supermercado Guanabara, pela Fullpack. A de Clóvis Monteiro nas do Supermercado Mundial, pela agência 3AW. O radialista Mário Belisário, que faz o “Show do Mário Belisário”, já fez Supermercado Campeão e agora pode ser ouvido nas peças da Redeconomia. E a mesma coisa também ocorre em publicidade de produto, com Heleno Rotay para a Tele-Rio e Cristiano Santos, para a Renault.

    Para o VP de Negócios da Rádio Tupi, Tuffy Habib, isso é bom para todo mundo. “Não só para os anunciantes e para os comunicadores, mas também para a rádio, porque o público sabe identificar as vozes que eles ouvem diariamente e isso fortalece ainda mais a nossa mídia”, afirmou o executivo.

    A pesquisa da Deloitte

    Segundo a empresa de auditoria e consultoria Deloitte, a receita global do meio rádio chegará a US$ 40 bilhões em 2019, crescendo 1% em relação a 2018. Levantamentos apontam que mais de 85% da população adulta em todo o mundo ouve rádio, pelo menos semanalmente, o que representa quase três bilhões de pessoas se dedicando ao veículo em uma média de 90 minutos por dia.

    Em 2017, diz a Deloitte, o rádio atraiu cerca de 6% dos investimentos mundiais em publicidade, número que deve se repetir em 2019. Este percentual chega a ser maior na América do Norte, onde a mídia rádio recebe cerca de 9% do valor investido em marketing.

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta