• Colunistas 2019. Para quem sabe vencer desafios.
  • Marcello Noronha deixa a direção de criação da NBS

    Marcello Noronha

    Depois de 16 anos na NBS, seu diretor de criação Marcello Noronha  está deixando a equipe.

    Formado pela PUC-Rio, o diretor de arte e designer Noronha tem mais de 20 anos de mercado, tendo passado pelas agências Pixel, GR3, DCA e Staff, antes de entrar na NBS. Em 2011, ele foi promovido a diretor de Criação da empresa.

    Lá, participou de alguns dos maiores sucessos da casa, como  “Quem ama bloqueia”, “Ligador”, “Mesmice” e  “WhinderssON x WhinderssOFF” para a Oi, além da inesquecível campanha “Cabeças”, para o BomNegócio e o “Milfake” para o Bob’s.

    Várias vezes vencedor do Prêmio Rogerio Steinberg, como o diretor de arte mais premiado no Colunistas Rio — a primeira vez foi em 2004 –, em 2016, o Colunistas escolheu Noronha como o Profissional de Propaganda do Ano.

    Em conversa com a Janela, Marcello Noronha antecipou que já está aceitando estudar propostas de ida para o mercado paulista: “Na NBS eu tinha um tremendo espaço, uma equipe legal, sempre pude botar coisas boas na rua, não fazia sentido aceitar propostas de São Paulo. Mas agora, sabendo que tenho tantos bons amigos por lá, quem sabe aceito e vou me divertir com eles?”, admitiu.

    Para a

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta