• Colunistas 2019. Para quem sabe vencer desafios.
    Colunistas 2019. Para quem sabe vencer desafios.
  • Gustavo Oliveira prepara saída da FCB, que comanda no Rio

    Gustavo Oliveira

    Até o final de julho, o publicitário Gustavo Oliveira deve anunciar oficialmente ao mercado o seu desligamento da FCB, depois de 34 anos ligado à história da agência, na qual entrou quando ainda era Giovanni Comunicação, em 1985, acompanhou até ela ser comprada pela FCB e virar Giovanni, FCB e ainda se transformar em Giovanni+draftfcb. Esta operação, Gustavo Oliveira vem dirigindo no Rio até hoje, com a agência agora batizada de FCB Brasil.

    Este ano de 2019, aliás, não só Gustavo Oliveira completou 60 anos de idade como está comemorando 40 de mercado. Ele iniciou sua carreira na propaganda em 1979, como executivo de contas da Esquire Oliveira Murgel, agência que tinha como sócio seu pai, o publicitário Lindoval de Oliveira.

    Ativo na área associativa, até 2018, Oliveira presidiu o capítulo carioca da Associação Brasileira de Agências de Propaganda (ABAP), da qual participava, como diretor, desde 2005.

    Além disso, flamenguista doente, desde o começo da década cuida da comunicação do Clube de Regatas do Flamengo.

    A amigos, Gustavo Oliveira tem declarado que ainda não tem destino definido, mas não pensa em voltar a trabalhar dentro de agência. Além disso, segundo amigos da Janela, a saída de Gustavo Oliveira da FCB Rio não significará o fechamento do escritório, mesmo o agência tendo perdido recentemente a conta de BTL da TIM, que venceu em concorrência em 2017.

    Como estão na sua carteira as contas do Shopping Rio Sul, da Euro Colchões e do grupo médico Dasa, a FCB deverá manter no Rio em torno de seis profissionais, com Taissa Sartié — profissional com mais de 12 anos na empresa — comandando a equipe e reportando-se diretamente a matriz da FCB Brasil, em São Paulo.

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta