Grupo Coruja. Sua marca em movimento.
Publicidade

Abap renova acordo com o MPF para novas ações comunitárias

Lei do Minuto Seguinte

A Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) renovou esta semana seu “Termo de Cooperação” com Ministério Público Federal (MPF), “para a realização de campanhas publicitárias e pesquisas relacionadas às funções institucionais do MPF, com a finalidade de conscientizar a sociedade a respeito de normas legais de interesse dos cidadãos e da sociedade”.

Intermediado por Thiago Lacerda Nobre, procurador-chefe da Procuradoria da República no Estado de São Paulo, o acordo foi assinado com a expectativa de que a Abap vá “mapear em que temas sensíveis as agências associadas podem contribuir de forma efetiva com ações de comunicação que levem à sociedade informações sobre leis”, como explicou à Janela Alexandre Gibotti, diretor executivo da entidade.

Recentemente, a Abap e a Young & Rubicam assinaram a campanha “Lei do Minuto Seguinte” (foto) para o MPF, alertando para o atendimento gratuito que as vítimas de estupro têm em hospitais ou postos de saúde do SUS. O trabalho, realizado totalmente sem custos para o MPF, levou três Leões de Bronze no Festival de Cannes deste ano.

Alexandre Gibotti defende que a Abap deveria participar cada vez mais de campanhas comunitárias. “O cenário ideal seria centralizarmos todas as campanhas pro-bono das agências brasileiras na Abap. No passado, por exemplo, fizemos em conjunto com o Clube de Criação do Rio (CCRJ), a campanha ‘Corrupção S.A.’, contra a corrupção”, afirmou.

Ainda como parte do pacote, caberá à Abap ajudar as regionais do Ministério Público Federal a aplicar melhor seus orçamentos na área de comunicação. “Está havendo uma renovação na MPF e queremos continuar colaborando. Quanto melhor o MPF se comunicar com a sociedade é melhor para o cidadão brasileiro”, lembrou.

PUBLICIDADE

Tupi FM. A única diferença é a qualidade.
Eletromidia

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta