• Oi Ads
  • BR, privatizada, abre concorrência para agência de publicidade

    Posto Petrobras

    EM PRIMEIRA MÃO – Atendida desde 2017 pelas agências Heads e NBS, a Petrobras Distribuidora (BR) decidiu abrir concorrência pela sua conta publicitária, avaliada, dois anos atrás, em R$ 485 milhões.

    Segundo amigos da Janela, a empresa teria convidado mais seis agências — além das duas atuais — a participar da disputa. Agora privatizada, a BR não está mais obrigada a seguir a Lei 12.232 de concorrências públicas de publicidade, estando livre de publicação de edital, abertura de pasta apócrifa e as demais burocracias de praxe.

    Tradicionalmente tendo seu atendimento dividido entre duas ou três agências, a Petrobras Distribuidora, agora, passaria a ser atendida por apenas uma.

    Nos próximos dias, a empresa vai receber os representantes destas oito agências em sua sede para a passagem de briefing. À frente, pela BR, Leo Burgos, que ocupava a função de gerente executivo de Negócios de Varejo e agora cuida da área de marketing da distribuidora.

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta