• Aedes vira ‘Mosquito da Morte’ em campanha da Binder para o GDF

    Mosquito da Morte, da Binder para o GDF

    A Binder radicalizou na campanha contra a dengue para o Governo do Distrito Federal (GDF), chamando o Aedes Aegypti de “Mosquito da Morte” para ver se os brasilienses percebem a importância de eliminar os focos do mosquito antes que ele acabe com a vida das pessoas.

    Em todas as peças, para simbolizar a morte, vemos os mosquitos se agrupando até formarem a imagem clara de uma caveira.

    Segundo Lorena Oliveira, diretora da Binder Brasília, “há décadas as campanhas contra a dengue seguem um mesmo padrão. Educativas, elas não conseguiram conter a propagação do Aedes Aegypti. Foi isso que nos inspirou a rebatizar o inseto”, explicou.

    A campanha conta com comercial de TV, anúncio, busdoor, frontlight, mobiliário urbano e peças para redes sociais.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    seta