EcoMask Plus - Crie a sua!
Publicidade

Máscaras e luvas na entrega de documentos da Prefeitura do Rio

Licitacao da Prefeitura do Rio - Sessao de Habilitacao

Com todos os membros da Comissão de Licitação e das agências interessadas na conta publicitária da Prefeitura do Rio usando máscaras — e alguns de luvas –, aconteceu esta quarta-feira a entrega das pastas de documentação que provarão ao município que as vencedoras Cálix, Nacional e E3 estão em dia com os órgãos públicos e em condições de trabalhar para o prefeito Marcelo Crivella.

Representantes das agências E3, Nacional e Cálix rubricaram toda documentação entregue.

Além de representantes das três, compareceram apenas os das agências Artplan e Nova/SB, também habilitadas nas fases anteriores da disputa.

Todas as páginas das pastas entregues foram rubricadas pelos componentes da mesa, mas os resultados, no entanto, não puderam ser divulgados durante a sessão.

A informação dada pela Prefeitura foi de que os conteúdos serão analisados nos próximos dias, com as avaliações publicadas pelo Diário Oficial na próxima semana. Como de praxe, após a publicação no DO haverá o prazo de cinco dias para eventuais recursos, após o que as três agências que tiverem completado o percurso poderão ter seus contratos assinados.

Ainda de acordo com amigos da Janela, a pressa na realização da sessão de documentação, pela Prefeitura, deveu-se para fazer valer o Decreto 47264, de 17/03/2020, que, face a pandemia e o recolhimento social, definiu que todas as certidões — inclusive as vencidas há sessenta dias — ficassem valendo como prorrogadas. Diz o parágrafo 2 do artigo 2: “Ficam prorrogadas por sessenta dias, a contar de seu vencimento, os prazos de validade das certidões emitidas com base na Resolução SMF nº 1.294, de 1992, vencidas até sessenta dias antes da data de publicação deste Decreto”.

Marcio Ehrlich

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta