EcoMask Plus - Crie a sua!
Publicidade

Cláudia Kakinoff é a nova diretora de Marketing do BB

Claudia Kakinoff

Em meio à polêmica de a Secom continuar interferindo nas decisões da publicidade do Banco do Brasil,  Cláudia Kakinoff foi confirmada pelo Conselho de Administração do órgão como a sua nova diretora de Marketing. Ela substitui a Alexandre Alves de Souza, que renunciou à função no dia 27/04, depois de um ano tendo substituído a Delano Valentim, dispensado quando o presidente Jair Bolsonaro censurou o filme “Selfie”, que buscava atrair clientes entre um público mais jovem, representado no comercial por atores representantes da diversidade brasileira.

Nova interferência

Kakinoff entra na liderança do Marketing do BB com o banco já envolvido em nova tentativa da Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) e da família Bolsonaro interferirem nas decisões da área do banco.

Durante esta semana, o jornal O Globo tem repercutido a acusação de que o Banco do Brasil vinha anunciando no site Jornal da Cidade Online, citado pelo perfil de denúncias do Twitter Sleeping Giants Brasil de ser insistentemente responsável pela divulgação de notícias falsas, e que, notadamente, beneficiam os Bolsonaros.

Após a publicação da denúncia do Sleeping Giants Brasil — perfil anônimo voltado para revelar o apoio de anunciantes a publicações que espalham fake news — o BB chegou, em 20/05, a retirar sua publicidade do Jornal da Cidade Online, respondendo que não apoia a publicação de notícias inverídicas.

A decisão gerou protestos não só Fabio Wajngarten, chefe da Secom, como do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, afirmando que “o marketing do Banco do Brasil pisoteia em mídia alternativa que traz verdades omitidas”.

A manifestação da Secom vai na contramão da decisão do Tribunal de Contas da União (TCU). Em 15/05, a Janela registrou que, por determinação dos magistrados do TCU, a Secom não tem o direito de interferir nas decisões mercadológicas do Banco do Brasil. Os juristas inclusive recomendaram que a instituição financeira se estruturasse para não deixar mais isto acontecer. Pelo visto, não adiantou muito.

Sobre Kakinoff

Graduada em Administração de Empresas e Comércio Exterior, Ana Cláudia Kakinoff Correa é quadro do BB desde 1992. Já foi gerente executiva da Secretaria Executiva, assessora especial das Vice-Presidências de Atacado e de Negócios de Varejo e ainda gerente de Soluções de Marketing e Comunicação. Segundo comunicado do BB, ela também atuou também como conselheira fiscal na BB Elo Cartões e BB Consórcios, além de conselheira curadora na Fundação Banco do Brasil.

LEIA TAMBÉM NA JANELA

Bolsonaro censura comercial do BB e cai Delano Valentim (em 25/04/2019)

Comercial do BB não custou R$ 17 mi de produção (em 02/05/2019)

MPF quer que Bolsonaro pague por ter tirado comercial do BB do ar (em 09/05/2019)

TCU diz que Secom não pode interferir em comerciais do BB (em 15/05/2020)

PUBLICIDADE

EcoMask Plus - Clique para saber mais e crie a sua!
Tupi FM.
Marcio Ehrlich

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta