• Oi Ads
  • NBS lança estudo para apontar tendências do “Novo Padrão”

    "Novo Padrão", pela NBS

    “O mundo não vai voltar ao normal depois da Pandemia. E nunca mais será o mesmo”, garante a agência NBS em seu estudo “Novo Padrão”, publicado esta semana e disponibilizado para download.

    “A tendência é que o altruísmo ganhe ainda mais peso e valor, levando em consideração que a coletividade e a colaboração entre as pessoas é um elo forte de luta contra um inimigo comum a todos”, diz o estudo, que levou Bruno Altieri, diretor de Estratégia da nbs, a garantir que nem será o próximo passo, mas “o agora”.

    Segundo o executivo, “tem gente esperando isso tudo passar para entender o que será o novo normal. E isso não vai acontecer. Já estamos com comportamentos adquiridos e irreversíveis”. Até por isso, a NBS ressalta que não faz sentido falar em mundo pós-quarentena, “porque a vida já está sendo impactada em grandes proporções”.

    O documento aponta 12 tendências, confirmadas através de social listening. “Por exemplo, identificamos uma aproximação forçada entre as pessoas da mesma família, os mais jovens ensinando tecnologia para os mais velhos e até a inclusão bancária da população por conta do auxílio emergencial”, explica Bruno.

    O estudo mapeou os novos compartamentos e dividiu em 12 categorias: Mundo com menos contato; Consumismo revisitado; Novas formas de trabalho; Ensino híbrido; Live com proximidade; Emergência digital; E-commerce e Delivery First;  “Adulting” novos papéis; Family First; Visibilidade e Tech após os 60; Fuga do Burnout; e Digitalização da comunicação governamental.

    De qualquer modo, o estudo não conclui se sabe se o mundo será melhor ou pior, mas que, certamente, será diferente.

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
    seta