• Globo deixa mais um torneio de futebol: agora, a Libertadores

    Copa Libertadores da América - Troféu

    A Rede Globo rescindiu com a Conmebol, responsável pela Copa Libertadores da América, pela transmissão dos seus jogos. A emissora havia tentado renegociar valores com a entidade para o seu contrato, válido até 2022. Por conta da crise econômica causada pela pandemia, diz a Globo que “vem fazendo uma revisão completa de seu portfólio de direitos”. Sem conseguir baixar os valores, “não restou alternativa à Globo a não ser rescindir o contrato”, explicou a empresa.

    Vale registrar que as transmissões de futebol pela TV passam por um momento de reavaliação geral, com a competição com os canais dos próprios clubes pelo Youtube, incentivados pela Medida Provisória do presidente Jair Bolsonaro, que liberou para o mandante de campo a escolha de quem irá exibir a partida (e não mais para ambos os times).

    Neste mesmo momento, aliás, a Globo se encontra em uma disputa judicial com a emissora Turner, que anunciou que transmitiria o Campeonato Brasileiro em TV fechada, graças a acordo fechado pela multinacional com oito clubes da Série A. A Globo alega que a MP de Bolsonaro “não pode retroagir para alterar situações estabelecidas em contratos celebrados antes de sua edição”.

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    seta