• Investimento em mídia no Rio ultrapassou R$ 1 bi em 2019

    Cenp-Meios - Painel 2019

    As agências de publicidade do Rio autorizaram R$ 1.001.179.000,00 em 2019, correspondendo a 5,7% do total realizado por agências naquele ano. O Rio ficou atrás apenas de São Paulo, que autorizou mais 164% do que as cariocas. As agências paulistas faturaram R$ 2.664.604.000,00, o que representou 15,2% do total nacional.

    O levantamento é promovido pelo Conselho Executivo das Normas-Padrão, cujos dados estão disponíveis na página do Cenp-Meios. Em 2019, participaram do painel 226 agências de todo o país. Se vale como curiosidade, veio do Acre o menor investimento em mídia. Meros R$ 5.634.000, o que não dá nem 0,1% do total.

    Comparando com 2018, o Rio de Janeiro perdeu R$ 25,1 milhões em mídia no ano passado. Em 2018, as autorizações haviam chegado a R$ 1.026.306.000,00.

    Mas é importante notar que São Paulo também caiu de 2018 para 2019, já que antes o mercado havia gerado em faturamento R$ 2.774.878.000,00, ou seja, mais R$ 110.274.000,00. Se nacionalmente houve um crescimento, o que se entende é que aconteceu, de 2018 para 2019, um crescimento nos mercados regionais.

    No total nacional, em 2018 o volume havia chegado a R$ 16,5 bilhões, enquanto em 2019 passou para R$ 17,5 bi.

    Domínio da TV aberta cai. Internet sobe.

    Apesar de a TV aberta continuar dominando os investimentos, o CENP-Meios detectou uma queda em sua participação. Em 2018, a TV aberta havia levado 58,3% das verbas. Já em 2019, o percentual foi de 52,8%. Esse cerca de 5% significam a enormidade de R$ 374,7 milhões perdidos pela TV aberta. Não é difícil imaginar o que cresceu: a internet. Pulou de R$ 2,92 bilhões em 2018 (17,7%) para R$ 3,76 bilhões em 2019, já significando mais de um quinto — 21,2% — do total.

    Vejam a comparação dos valores faturados pelas agências nas diferentes mídias em 2018 e 2019:

    Meio
    Valor em 2018
    (000)
    % em 2018
    Valor em 2019
    (000)
    % em 2019
    Cinema R$ 48.906 0,3% R$ 70.177 0,4%
    Internet R$ 2.921.328 17,7% R$ 3.726.596 21,2%
    Jornal R$ 395.640 2,4% R$ 473.161 2,7%
    OOH R$ 1.391.865 8,4% R$ 1.841.087 10,5%
    Rádio R$ 659.877 4% R$ 776.934 4,4%
    Revista R$ 256.575 1,6% R$ 169.376 1,0%
    TV Aberta R$ 9.642.777 58,3% R$ 9.268.078 52,8%
    TV Fechada R$ 1.224.230 7,4% R$ 1.216.790 6,9%
    R$ 16.541.198
    R$ 17.542.138

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    seta