• Min.da Defesa leva equipe de comunicação por R$ 77 mil mensais

    A empresa Esplanada Serviços Terceirizados Eireli foi a vencedora do pregão promovido pelo Ministério da Defesa para a contratação terceirizada de 12 profissionais de comunicação, entre os quais quatro publicitários, cinco jornalistas e um designer.

    O pregão realizado na manhã de quarta, 23/09, contou com 33 concorrentes, entre várias empresas de serviços de limpeza e até mesmo de construção.

    A própria Esplanada, que relaciona uma grande lista de clientes em seu site, informa trabalhar com profissionais de portaria, conservação, jardinagem e segurança. Não conseguimos localizar, no seu site, a referência ao fornecimento terceirizado de jornalistas e publicitários.

    O pregão começou estabelecendo um teto de R$ 1,13 milhão por ano. Durante a hora em que durou o processo, os valores foram baixando até chegar aos R$ 930.256,32 oferecidos pela Esplanada, montante que nenhuma outra empresa quis bater.

    Quem quiser acompanhar o histórico do pregão, ele está disponível no site Comprasnet.

    Pelos cálculos da Janela, supondo-se que a empresa, sendo Eireli, tenha que recolher mensalmente 15% de impostos sobre aquele valor, sobrarão R$ 790.717,87 para aplicar no pagamento dos profissionais. Imaginando que a diretoria aceite ter uma lucratividade de apenas 10% com esse cliente, sobrarão, efetivamente, para a equipe, R$ 711.646,08.

    Considerando o pagamento de 13 salários anuais, o custo mensal do time que vai trabalhar dentro do Ministério da Defesa ficará em R$ 54.742,01, que serão divididos, se todos ganharem igual, a um valor bruto, por profissional, de R$ 4.561,83.

    Como os custos trabalhistas no Brasil podem chegar a 60% do que é pago como salário, não é impossível estimar que, em média, cada contratado mal vá conseguir receber, no fim do mês, em sua conta-salário, R$ 2.851,15.

    Sem questionar a capacidade de atendimento de qualquer empresa de terceirização que pudesse ter ganho o pregão, a pergunta que faz a Janela é a seguinte: que currículo o Ministério da Defesa espera que tenha, para lhe prestar serviços, um jornalista ou um publicitário que aceite ganhar um salário de R$ 2.851,15 por mês?

    Cartas para a redação.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Ministério da Defesa faz licitação para terceirizar comunicação (em 20/09/2020)

    PUBLICIDADE

    Tupi FM.
    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Discussão

    1. Zélder Reis Zélder Reis

      Bela Pergunta Márcio…Que jornalista ou publicitário que aceite ganhar um salário de R$ 2.851,15 por mês?… Sem contar que o tomador é o Ente mais Rico da República.

    2. Avatar Luís Vargas

      Gostaria que a Janela acompanhasse este assunto e mantivesse o mercado informado, pois isso não é coerente com o profissionalismo que o mercado de Comunicação tem e exige de todos os seus componentes: clientes, agências, veículos e fornecedores, para não me estender mais.

    3. Marcos Dantas Marcos Dantas

      “vagas arrombadas” hehe :S

    seta