Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 10/OUT/1980
Marcia Brito & Marcio Ehrlich

 

Janela Publicitária
Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Tribuna da Imprensa.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.


Mais uma vez uma pequena agência (agora de Minas) procura os colunistas pedindo apoio e protestando pela Conar -- a partir da queixa de uma grande agência paulista -- já ter enviado ofícios aos veículos locais, antes mesmo de dar à agência direito de defesa. Será que é realmente necessário primeiro a Conar atirar, para depois perguntar se o vulto é de amigo ou inimigo?
Pensem a respeito.

Finalmente resolvida questão do ISS.

Ainda hoje, ou pelo menos na próxima semana, a Secretaria Municipal da Fazenda emitirá uma Instrução Normativa esclarecendo que o cálculo do ISS, ao partir de agora, incidirá sobre a efetiva receita da agência, prevista pela Lei nº 4.680, e dentro das alíquotas do ISS. Esta solução foi uma das já encontradas para atender as propostas dos empresários cariocas ao governo local, dentro das mobilizações que incluíram a reunião junto ao Secretário de Estado da Fazenda, Heitor Schiller. Aquela reunião, sem dúvida, gerou resultados maiores. “O presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Ruy Barreto, telegrafou a Heitor Schiller colocando a ACRJ à disposição do mercado publicitário carioca para que lá realize o II Encontro para análises do mercado publicitário do Rio de Janeiro".
De qualquer maneira, a ABAP já está programando ­- tendo como relator Bill Norman, da Caio -- um grande seminário atingindo todo o setor empresarial carioca com o tema. "Agência como fator de desenvolvimento de negócio" (proposta, alias, que faz tempo levantamos nesta coluna).
Agora, só está faltando que a ABP, o Sindicato das Agências, o Clube de Criação e as outras entidades presentes àquele I Encontro se coordenem para, conforme prometido publicamente, apresentarem ao Governo do Estado as reivindicações do setor no Rio de Janeiro.

Propaganda e Mercado
Cinco para o meio-dia! 11:55h. Este é o horário, esta semana, do programa, Propaganda e Mercado, que estes colunistas apresentam na TV Bandeirantes, canal 7. E que esta edição apresenta George Teichholz, gerente da McCann-Rio e Altino João de Barros, vice-presidente de mídia da McCann falando sobre a pesquisa sobre a mulher brasileira, profissão prendas domésticas. O programa terá também a participação de Carlos Martins, presidente do Clube de Criação do Rio de Janeiro e diretor de criação da Esquire. Este sábado. Cinco para o meio dia.

Brainstorming • Brainstorming • Brainstorming

Devido a problemas técnicos a Janela Publicitária não foi publicada semana passada, aqui na TRIBUNA DA IMPRENSA. Mas os leitores que nos acompanharam no domingo nas colunas do Diário Popular, de São Paulo, e d'O Estado do Paraná, de Curitiba, já ficaram sabendo que:
Mário Mello deixou a direção da Lintas-Rio, após ocupar aquele cargo por dois anos. Antes de vir para a Lintas, Mário esteve em São Paulo, dirigindo o escritório paulista da já extinta JP&S. Extinta mesmo, porque seu diretor, João Pecegueiro do Amaral, largou a propaganda e foi criar galinhas, vender plantas e outras atividades menos neurotizantes. Mas, voltando ao assunto, desde segunda-feira assumiu a direção da Lintas carioca Fernando Rodrigues, que há dois meses já está no Rio, vindo de São Paulo com a bagagem de quem passou oito anos na Lintas, antes mesmo de ter sido gerente de produto da Gessy Lever e atendimento na Salles e na Thompson. Nos últimos meses, Fernando era supervisor de atendimento, de volta à Lintas, cuidando principalmente de Bacardi, um dos principais clientes da agência sediados no Rio de Janeiro.
• • •
A Óticas Brasil resolveu tirar sua conta da CBBA-Rio e entregá-la a Ricardo Kathar (ex-diretor comercial da TV Tupi), que já colocou um comercial no ar, funcionando como agenciador autônomo, contratando free-lancers etc. Ricardo, no entanto, está montando uma nova agência, que começa a funcionar com a garantia da conta da Óticas Brasil. O diretor de marketing da empresa, Marcello Giffoni, nos garantiu que não tem fundamento que ele teria participação nesta agência, ou os fortes comentários de que ela viria a ser uma house agency das Óticas. Apenas como lembrança, vale citar que antes da CBBA, a Óticas Brasil era atendida por Mário Provenzano, um veterano de nossa propaganda, que também trabalhava praticamente no sistema de "micro" agência
• • •
Guilherme Augusto de Vasconcellos, ex-diretor de marketing da Globex e que atualmente dirige a produtora Video­centro, abriu mão de seu cargo na CBF - Confederação Brasileira de Futebol. Suas razões, não quis revelar.
• • •
A Fleischmann & Royal - Divisão Leite está ouvindo várias agências cariocas para escolher quem vai atender sua linha de leite em pó, como o Glória, o Sillouette etc.
• • •
Outra que está realizando concorrência para escolher agência é a Companhia Internacional de Seguros, que já teve uma boa época como anunciante há uns dois anos.
• • •
Já se encontram em funcionamento mais duas repetidoras da Rede Bandeirantes, que transmite a programação do Canal 7, aqui do Rio: o Canal 13, de Teresópolis e o Canal 9, de Ubá, em Minas Gerais, Os publicitários que subirem para Teresópolis no fim de semana poderão assistir ao programa Propaganda e Mercado, destes colunistas.
• • •
A Norton é uma agência que merece elogios por seu excepcional desempenho financeiro, e como agência de propaganda. Por isso não entendemos ela nos mandar, acompanhando seu Relatório Anual 1979, um release em xerox exageradamente auto-elogioso, e o que é pior, já apresentando o texto como se fora escrito pelo colunista, desta forma: "Acabamos de receber o Relatório da Norton... é um monumento que vale a pena ser cultuado... essa peça é considerada o guia da indústria da propaganda... a chamada agência verde amarela é realmente o grande monumento da publicidade nacional... parabéns a Norton", entre outros auto­elogios que vão desde a arquitetura dos escritórios das agências até às fotos de Geraldo Alonso e dos seus outros executivos: Sinceramente, é muita falta de respeito com a imprensa. Será que o colunismo publicitário perdeu tanto em conceito para receber propostas de publicações assim? Temos pena dos coleguinhas que aceitarem esse jogo.
• • •
O Clube de Criação do Rio de Janeiro, numa promoção conjunta com a Rede Bandeirantes, apresenta o filme "Visão dos oito mestres", um documentário sobre as Olimpíadas de 72, dirigido por Arthur Penn, Milo Forman, Claude Lelouch e outros. Será no auditório do Ibam, esta segunda-feira, às 20 horas.
• • •
A Redinger & JG conquistou a conta dos Laboratórios Pearson, fabricantes das famosas Creolina e Cruz Waldina. A Redinger, que tem a conta do Bob's, criou para a lanchonete um broche a ser distribuído na semana da criança, dizendo "bom mesmo é ser criança".