Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 12/JUN/1987
Marcia Brito

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Paulo Roberto Lavrille de Caravlho
Lavrille: A situação é dramática

Agências, sem solução, pagam gatilho e demitem em massa.

A situação do mercado publicitário está ficando cada vez mais preta. Apesar dos esforços do Sindicato das agências na busca de uma solução para amenizar este momento difícil tanto para os empregados quanto para os empregados, até agora não se chegou a nada.
Segundo Paulo Roberto Lavrille, presidente do Sindicato das Agências do Rio e que esta semana esteve reunido com diretores de agências locais, a situação está dramática, já que não há respaldo legal que permita acordos entre as partes interessadas. Assim, não há muito o que fazer e os empregados vão mesmo é obedecer à lei do gatilho, até quando suportarem.
As demissões no mercado já ultrapassam a casa dos 800. Esta é a estimativa de Hayle Gadelha, presidente do Clube de Criação do Rio de Janeiro que, na próxima semana, juntamente com o GAP - Grupo de Atendimento e com o Grupo de Mídia veiculará um comunicado que terá como chamada a frase "o pior anúncio da publicidade". Estes grupos profissionais estão também se mobilizando para realizar uma assembleia com a classe publicitária na próxima quinta-feira, na ABI - Associação Brasileira de Imprensa.

Unibanco fica com W/GGK

A conta do Unibanco já está na W/GGK, de Washington Olivetto. Durante a festa de entrega do Prêmio Colunistas São Paulo, realizada no dia 9, estive com Olivetto, cuja agência estava sendo homenageada com o título de "Agência do Ano - SP", e ele me confessou que, apesar de toda a crise da economia brasileira, sua agência está com excelentes perspectivas, pois o momento é de absoluto profissionalismo. Olivetto, inclusive, lembrou que a publicidade está passando por uma mudança radical e que já não haverá mais lugar para as grandes agências que sempre fizeram da propaganda um negócio de jogadas financeiras. Felizmente, disse Olivetto, os clientes agora estão querendo resultados e, pasmem, que se faça propaganda realmente.


W/GGK para Valisere: Primeiro Sutiã

Um comercial que dá gosto a gente ver é esse do "Primeiro Valisère", criado por Washington Olivetto, diretor de criação da W/GGK, a partir dos resultados de pesquisas realizadas pela própria Valisère sobre as necessidades, anseios e comportamento das adolescentes.


Giovanni para Copacabana Palace: Here, There and Everywhere
Adilson Xavier e Edmilson Vieira da Silva criaram a peça para o Copacabana Palace.

Peça da Giovanni é finalista no Festival de Nova York

A Giovanni & Associados está entre as finalistas do 4º Festival Internacional de Publicidade de Nova York, na categoria "Turismo e Viagem", com o anúncio "Here, There and Everywhere", a quatro cores, produzido para o Copacabana Palace e veiculado no exterior.
As peças finalistas do festival estão expostas no Sheraton Hotel, em Nova York.

Marketing de Informática será enfocado em seminário

"Não existe no Brasil nenhuma marca de produtos de informática com força de comunicação única, diferenciada e marcante, pois normalmente os fabricantes, quando querem fazer uma campanha publicitária, nunca procuram alguém da área de comunicação - eles procuram quem entende de informática. Isso resulta em campanhas pouco atraentes para o grande público, que não entende o informatiquês dos técnicos".
Esta é uma das principais críticas que a publicitária Magy Imoberdof, da agência Lage/BBDO, pretende lançar durante a palestra sobre "Criatividade na propaganda de produtos de informática" que ela apresentará no seminário "Informarketing", no próximo dia 17 de junho, no Hotel Mofarrej Sheraton, São Paulo. Magy analisará as melhores propagandas nacionais e internacionais, especialmente a campanha de reposicionamento de produtos feita recentemente por um grande fabricante norte-americano com excelentes resultados.
Além de Magy Imoberdof, o seminário terá como palestrantes o jornalista Paulo Henrique Amorim, editor de economia da TV Globo; o professor Raimar Richers, da Fundação Getúlio Vargas, Eduardo Schubert, diretor da PSR; e os empresários Milton Scorza, da Hengesystems; Carlos Rocha, da TDA; e Walmir Pereira, da Imarês. Estratégias de marketing para posicionamento e lançamento de novos produtos, táticas de propaganda e promoção, comportamento do público usuário e as tendências do mercado de informática dentro da atual situação econômica brasileira serão alguns dos temas em destaque.