Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 28/JAN/1994
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Prefeitura procura agências para apressar concorrência.

As oito agências que estão disputando a conta da Prefeitura do Rio de Janeiro vão receber esta sexta-feira, da coordenadora de Comunicação Social do Município, Leila Castanheira, um fax pedindo a sua posição expressa quanto aos recursos apresentados pelas agências desqualificadas na fase de documentação: a Denison­Rio - cujo contador apresentou sua qualificação profissional em folha separada do balanço da empresa - e a Ferrari - em cuja xerox do balanço estava com problemas de legibilidade. A MPM Lintas, desqualificada por não atualizar o seu balanço pela UFIR, decidiu não entrar com recurso e ficar mesmo fora da disputa.
A iniciativa de Leila é para apressar os trâmites legais da concorrência. Hoje, o Diário Oficial do Município oficializa a existência dos dois recursos e dá um prazo de 5 dias para que as demais concorrentes impugnem as tentativas. Se todas as 8 agências responderem hoje mesmo por fax à Prefeitura, evita-se aquele tempo e já na próxima semana a Comissão de Licitação poderá realizar a abertura das pastas com as Propostas Técnicas.
Até onde a Janela apurou, os dois recursos apresentados deverão ser aceitos, reintegrando a Denison-Rio e a Ferrari ao grupo de licitantes.

Itaú, Bamerindus e Pão de Açúcar cometem gafe com São Sebastião.

Que a paulista DPZ e a paranaense Umuarama desconheçam a história do Rio de Janeiro e confundam o dia 20 de Janeiro - Dia de São Sebastião, padroeiro da cidade ­ com o aniversário da cidade é razoavelmente desculpável, apesar de ser falha grave dos seus profissionais de revisão.
Mas para a carioca Contemporânea, dirigida pelo jornalista Armando Strozenberg e agência líder do pool que atende a Prefeitura do Rio, é totalmente imperdoável ignorar que a cidade foi fundada a 1º de Março de 1565, quando Estácio de Sá aqui chegou de Portugal para ajudar o Governador Geral Mem de Sá, seu tio, a expulsar os invasores franceses.
Pois as três agências foram as únicas que no último dia 20, a pretexto de homenagear os cariocas, cometeram em anúncios para seus clientes a gafe contra o santo. Pobre Sebastião, que não bastasse as flechadas que levou nos seus tempos de soldado romano, ainda sofre a falta de reconhecimento desses pagãos que esquecem todo o seu esforço surgindo como guerreiro ao lado das fileiras portuguesas para lhes elevar o moral na defesa da Mui Digna Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro - sua protegida - contra os invasores.
POR OUTRO LADO
Convenhamos também que já há muitos anos os prefeitos desta cidade deixam passar em branco a diferença das datas. Por uma ridícula disposição legal (aliada a uma superstição religiosa), comemora-se com um feriado o Dia do Padroeiro e, no verdadeiro Dia da Cidade, pouco se fala dela.
Se os administradores do Rio não fazem o esforço para educar as pessoas sobre a nossa história, quem o fará? Os colunistas publicitários?
Fica então a sugestão da Janela para as agências, anunciantes e o Prefeito César Maia: vamos inventar promoções para o dia 1º de Março, que possam ser realizadas após as 18 horas, já que legalmente o dia não pode ser feriado. Querem ideias?
- Que tal enfeitar a Rua 1º de Março no Centro e realizar algum evento por lá, que é o coração do Rio antigo?
- Ou encenar a fundação da Cidade, junto ao marco que fica entre os morros Cara de Cão e Pão de Açúcar?
- Ou homenagear o fundador da Cidade, Estácio de Sá, junto a seu monumento no Aterro do Flamengo?
Conhecer melhor a história da cidade pode ser mais um passo para os cariocas retomarem o seu amor por ela.

Giovanni lança primeira campanha de carro do Rio

O mercado brasileiro conheceu esta semana o primeiro anunciante da indústria automobilística no Rio de Janeiro: o Grupo Eike Batista, que começou a veicular em revista, jornal e TV a campanha criada pela Giovanni Comunicações para o lançamento do jipe Montez JPX.
Com uma verba de US$ 1 milhão, o Montez está sendo visto na mídia do interior de São Paulo e breve chegará à região Centro-Oeste, Triângulo Mineiro e Bahia, mercados alvo do produto, cujo posicionamento é dirigido a fazendeiros, sitiantes e pessoas que projetam um estilo de vida "country".
O carro chefe da campanha (sem trocadilho) é o comercial "Quanta lamera", produzido pela 101 com direção de Carlos Manga Jr. Nele, a modelo Luma de Oliveira ­ mulher de Eike Batista - é vista andando de bicicleta em uma estrada de terra e fica encantada com o jipe, que, ao som de uma trilha baseada na música Guantanamera, é então mostrado enfrentando os mais diferentes tipos de terreno, de acordo com a estratégia de comunicação detectada pela agência em pesquisa, de que deveria ser mostrada a adequação do veículo aos terrenos mais difíceis, diferencial de seus principais concorrentes.
Gustavo Oliveira, diretor da Giovanni, considera esta primeira fase da campanha uma guerrilha: "Queremos comercializar cerca de 300 JPX nos próximos 60 dias, nos 45 representantes da empresa, que também tiveram a sua decoração criada pela Giovanni".
A criação da campanha é de Álvaro Gabriel, João Renha e Victor Kirovsky.

MKTMIX MKTMIX

x
Mônica Morel, de volta à Dinâmica. (Foto: Hamdam)
• REFORÇO NA DINÂMICA - A profissional de promoções Mônica Morel voltou para a Dinâmica de Comunicação, onde assumiu a Direção de Operações. Ela cuidará, entre outros projetos, dos eventos ligados à Abracomp, como o Prêmio Colunistas Rio e o Prêmio Promoção Rio.
Mônica já tem um belo currículo junto aos eventos do Colunistas. Foi ela a coordenadora geral de duas das melhores festas de entrega de diplomas do concurso no Rio de Janeiro: a de 1988 e a do ano passado, ambas no Hotel Intercontinental. Ela também já passou pela produtora Intervídeo, onde coordenou a produção de diversos programas, entre os quais Baleia Verde e especiais internacionais, e pela Promovídeo, produtora do Grupo Company.
• VAGAS NA BENETTON - A Professa veicula este domingo seu primeiro anúncio para a Benetton, lançando a campanha de captação de 11 novas franquias para as lojas da grife no Rio de Janeiro. O anúncio diz que são 11 vagas na seleção da Benetton.
• ESTOUROU NO NORTE - A agência Cult conquistou a conta da incorporadora CST Expansão Urbana, do Grupo Econômico, da Bahia. Associada ao Grupo Melliá e ao Grupo Aoki (Caesar Park), a CST lança 3 empreendimentos em março, em Salvador, Campinas e São José dos Campos, com uma verba de US$ 500 mil.
Aproveitando o embalo, a Cult aumenta a sua equipe. Foram contratados Benedito Cantanhede (ex-Almap, JWT e Mesbla) como Gerente de Grupo de Contas; Cristiana Legey (ex-Almap), como RTV; Júlia Almeida (ex-Cláudio Carvalho), como Diretora de Arte; e José Augusto Nery (ex-Almap) como Produtor Gráfico.
x
Anúncio da Zapt publicado ao lado da coluna Janela Publicitária
• PUBLICITÁRIO NÃO BEBE? – Foi um enorme sucesso de público o Grito nº 1, promovido pela Brahma no Resumo da Ópera, para lançar o "Carnaval da Copa", que é como a cervejaria está chamando a festa deste ano. A nossa surpresa foi a virtual ausência de publicitários entre os convidados. Só vimos no Resumo Antônio Jorge Pinheiro, da Oficina, e Rozane Braga, da Unità. Sem falar no promoter da festa, Eduardo Fischer, que se desdobrava em controlar tudo. Será que os publicitários não estão no target da Brahma?
• GOLDEN BUDGET - A Golden Cross começa a veicular no Rio mais um filme da W/Brasil, para o lançamento do serviço Golden Med, que atenderá seus associados em casa. No almoço que se seguiu à coletiva, Alberto Bulus, Vice-Presidente de Marketing da Golden, confirmou que sua relação com agência e veículos agora é totalmente de acordo com as normas do mercado. Todas as veiculações são pagas e a agência recebe comissão sobre elas. Em 1994, a verba deve ficar em torno de US$ 20 milhões.
• SÓ DÁ ELA - A Artplan pela terceira vez consecutiva vence a concorrência dos Shoppings Centers do Rio para sua liquidação conjunta. O tema desta vez é "O Maior Shopping do Mundo está liquidando" e, como nos casos anteriores, terá a assinatura dos sete shoppings participantes.
• PARA QUEM PRESTIGIA - Antes da campanha conjunta com os outros shoppings, o Norte Shopping lança seu programa "Quality" no qual investiu US$ 200 mil para prestigiar com prêmios, descontos e convites exclusivos os consumidores habituais do Shopping. A campanha é da Urbana.
• NOVA TENDÊNCIA - A colunista Marcia Brito, criadora da Janela Publicitária em 1977, passa a assinar um espaço mensal de três páginas sobre propaganda na revista Tendência, da Bloch Editores. O telefone de contato com Marcia é (021) 286-2515.
• RPS SE INFORMAM - Nos próximos dias 31 de Janeiro e 10 de Fevereiro, cerca de 350 profissionais de RP estarão reunidos no Seminário dos 80 Anos das Relações Brasileiras, no Rio, com o tema "O Poder (in-contido) na Informação". O evento é gratuito para os profissionais interessados, que devem procurar o Conrerp-Rio, pelos telefones 220-5519 e 220-2460.
• CARTAS - As correspondências para a Janela devem ser encaminhadas para a Praia de Botafogo, 340 grupo 210, CEP 22250-040, Rio de Janeiro - RJ. O telefone, em horário comercial, é (021) 552-4141.

x
Anúncio criado pela Young & Rubicam para a campanha do Colunistas 94 e veiculado ao lado da Janela Publicitária.