Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 22/MAI/1998
Marcio Ehrlich

 

Rio conquista 5 Ouros no Prêmio Colunistas Brasil.

Quatro agências cariocas marcaram a presença do Rio de Janeiro no julgamento do XXXI Prêmio Colunistas Brasil, esta semana, em São Paulo: Giovanni, Standard, Salles e Doctor. Elas garantiram cinco medalhas de ouro para seus trabalhos, como os melhores de todo o Brasil em 1997/1998 nas suas categorias.
O júri, presidido por Jomar Pereira da Silva, foi composto ainda por Adonis Alonso, A. P. Rossini, Armando Ferrentini, Dorinho, Eloy Simões, Fernando Vasconcelos, Francisco Alberto Madia de Souza, Marcello Queiroz, Sílvia Dias de Souza e este colunista.
A Agência do Ano de todo o Brasil, pela escolha dos Colunistas, foi a Almap/BBDO. O Publicitário do Ano, Jens Olensen, que comanda a operação da Mccann-Erickson no Brasil e na América Latina. Como Profissional de Propaganda do Ano foi escolhido Flávio Conti (Dpz) e como Anunciante do Ano a Ford. O Veículo do Ano, mais uma vez, veio para o jornal carioca O Globo.
Foram concedidos pelo júri 5 Grandes Prêmios:
Comercial Do Ano: "Leds", da YOUN'G & RUBICAM para Gradiente.
Fonograma Do Ano: "Amigos", da DM9DDB para Bavaria.
Anúncio Do Ano: Série "Os Insetos.", da ALMAP/BBDO para Bayer
Outdoor Do Ano: Série "Original Jeans Since 1975", da NEWCOMM para Bunny'S.
Campanha Do Ano: "Cozinhas Itatiaia", da DNA para Itatiaia Móveis.
E aqui estão as 5 medalhas que o Rio de Janeiro conquistou:
ÁREA: TELEVISÃO E CINEMA
OURO DE CULTURA E EDUCAÇÃO: "Selva", da GIOVANNI,FCB e Jodaf para CCAA. Direção de Criação: Adilson Xavier e Cristina Amorim. Redação: Adilson Xavier. Direção de Arte: Cristina Amorim. Direção do Comercial: João Daniel Tikhomiroff. Atendimento: Mauro Silveira. Aprovação: Waldyr Lima Filho,
OURO DE MEIOS DE COMUNICAÇAO: Série "Making Of", da GIOVANNI/FCB e Jodaf para O Globo. Direção de Criação: Adilson Xavier e Cristina Amorim. Redação: Adilson Xavier e Fernando Campos. Direção de Arte: Cristina Amorim. Direção do Comercial: João Daniel Tikhomiroff, Atendimento: José Land. Aprovação: Paulo Eboli e Ana Luísa Marinho.
ÁREA: MÍDIA IMPRESSA
OURO DE INSTITUCIONAL OU CORPORATIVO: "Primavera - Verão 97", da
SALLES/DMB&B para Ass. Lojistas do Rio Sul. Direção de Criação: Marcelo Giannini. Redação: Rodolfo Sampaio. Direção de Arte: Marcelo
Giannini. Fotografia: Marcia Ramalho. Atendimento: Sérgio Malta e Darlene Furtado. Aprovação: Gilberto Ruffolo e Sérgio Pessoa.
OURO DE TURISMO, TRANSPORTES E DIVERSÕES PÚBLICAS: "Encarte Oscar", da STANDARD, OGILVY & MATHER para Rio Sul Linhas Aéreas. Direção de Criação: Luiz Vieira. Redação: Cláudio Marcelo Bojunga. Direção de Arte: Raul Fernandes. Fotografia: Aderi Costa. Atendimento: Cristina Adnet. Aprovação: Cláudio Baptista.
ÁREA: CAMPANHAS
OURO DE VESTUÁRIO E ACESSÓRIOS PESSOAIS: "Você Não Imagina...", da DOCTOR para Duloren. Direção de Criação: Marcos Silveira e Sérgio de Paula. Redação: Sérgio de Paula e Marcos Silveira. Direção de Arte: Sérgio de Paula e Marcos Silveira. Fotografia: Klaus Miteldorf. Atendimento: Julianna Guimarães. Aprovação: Armando Madeira e Roni Argalji.

Colunistas: o maior do Brasil e um dos maiores do mundo.

O Prêmio Colunistas de 1998 mais uma vez bateu o recorde de participações de todos os seus 31 anos, alcançando um total de 5.490 inscrições em suas nove regionais, 8% a mais do que em 1997. Isto confirma o concurso da Abracomp como um dos maiores prêmios de propaganda do mundo, igualando números apresentados por festivais internacionais como o de Cannes e o de Nova York.
Se formos considerar que cada inscrição de série e campanha inclui mais de 4 materiais, os números crescem ainda mais. Os 35 jurados jornalistas especializados em economia, marketing e propaganda de todo o país -analisaram nada menos que 10.200 peças. Foram 2.209 comerciais, 987 fonogramas, 3.626 anúncios de jornais, 2.052 anúncios de revistas e 974 outdoors, fora as 352 peças promocionais apresentadas dentro das campanhas.
De norte a sul do país, participaram 2: 80 agências de propaganda, com trabalhos criados para 2.332 clientes. O maior volume de inscrições aconteceu em São Paulo, com 1.447 trabalhos, seguindo-se o Rio de Janeiro, com 932 e o Norte-Nordeste com 744.
Encerrados os julgamentos regionais, foram concedidos 29 Grandes Prêmios e 110 medalhas de Ouro, que estiveram na disputa do XXXI Prêmio Colunistas Brasil.
Todos os resultados deste ano podem ser consultados no site da premiação, que fica em http://www.colunistas.com.

BR confirma DPZ e Duda para contas de R$ 14 milhões.

Ficaram mesmo com a DPZ e a Duda Mendonça - vencedoras das propostas técnicas - as contas licitadas pela BR Distribuidora, Na abertura das propostas de preço, mesmo as duas preferidas perdendo o primeiro lugar, aceitaram as condições e taxas menores apresentadas a elas agências vencedoras deste quesito e confirmaram para si as verbas respectivas de R$ 9 milhões e R$ 5 milhões.
A DPZ continua com a conta de lubrificantes que já atende há 4 anos. E a Duda Mendonça comemora entrar na parcela de combustíveis e outros produtos, que passaram os últimos quatro anos na Contemporânea.
As taxas que a DPZ terá que praticar são de 16,9% sobre veiculação e 10% sobre produção de peças não destinadas à mídia, valor que havia sido apresentado pela Duda em sua proposta de preço. Seguindo o conceito iniciado pela Caio na conta da Petrobras, a agência não receberá comissão de produção sobre peças que forem veiculadas.
Por sua vez, a Duda seguirá as taxas propostas pela Publicis Norton, que prevêem 17% sobre veiculação e os mesmos 10% de produção sobre o material não veiculado.

MKTMIX

* PARABÉNS PRA VOCÊ - A Janela se abre para comemorar os próximos aniversários do mercado:
Dia 22/05, sexta: André Nassar (Diretor de Arte da Contemporânea), Paulo Roberto Lavrille (Ex-Diretor da Salles), Ronaldo Rangel (Diretor de Atendimento da DPZ);
Dia 23/05, sábado: Carlos Luz (Diretor de Operações da Luz), Wallace Marques (Redator da J.Walter Thompson);
Dia 25/05, segunda: Sebastião Martins (Diretor de Atendimento da Aroldo Araujo);
Dia 26/05, terça: Arnaldo Rozencwaig (Redator de Criação da Salles Dmb&B), Mareio Prado;
Dia 27/05, quarta: Marluce Balbino (Fotógrafa da Ad Business);
Dia 28/05, quinta: Mário Barreto (Diretor Comercial da Intervalo), Patrícia Ebener (Diretora de Arte da V&S);
* BOTA FORA - O agitador social do mercado publicitário carioca, Antonio Carlos Accioly, já marcou para o dia 2 de junho próximo a festa de Bota Fora de Cannes que a sua produtora Yes realiza há 3 anos.
Desta vez será no People Club, para 700 pessoas, com show da Banda Nepal.
*COLUNISTAS RIO - E já está confirmada a festa do Prêmio Colunistas Rio para o próximo dia 9 de junho, no Hotel Intercontinental. As reservas estão abertas na Dinâmica pelo telefone (021) 537-8180.
* CONQUISTAS - A Doctor está comemorando a conquista, esta semana, de três contas. A primeira foi a da Universidade Veiga de Almeida, que estava na Zapt. Também entrou na agência o trabalho de reorganização do marketing do grupo Projeto (que reúne quatro concessionárias Fiat, entre as quais Vittori e Bambina). E reforçando a área de varejo de automóveis, a Rio Tokyo, que vem da Casa da Criação. Somando as três, pelo que se comenta dentro da agência, a verba chega a R$ 2,5 milhões.
* LUTO - Esta coluna se junta ao luto dos profissionais de promoção do Rio de Janeiro pelo desaparecimento prematuro de um profissional querido por muita gente: Luís Felipe Carvalho, diretor da Pro­Eventos e professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing.
* CARTAS - Correspondências para a Janela devem ser enviadas para a Praia de Botafogo, 340 grupo 210, CEP 22250-040, Rio - RJ. Ou para o e-mail ehrlich@pobox.com.

CARTAS

De Toninho Lima, redator da Giovanni e ex-diretor de criação da Artplan:

"Marcito, vou acabar virando seu ghost writer. O Antônio Mário, que está na bronca com a DM9, está frilando é na V&S que eu saiba.
E outra bomba pra você: a campanha para o Correios com o bip-bip já tinha sido criada, também, na Artplan pela dupla Marcos Apóstolo e Lelo Nahas para o mesmo Correios. O diretor de criação na época era... bem, você deve saber. Mas, juro, acho que a ideia de rapidez associada ao pássaro não chega a ser assim tão difícil de vir à cabeça de um criativo, não acha?"
Toninho Lima