Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 26/JUN/1998
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Brasil emplaca 27 filmes entre os finalistas do Festival de Cannes

Vinte e sete comerciais brasileiros - um a mais que em 1997 - estão disputando Leões de filmes no 45º Festival de Cannes, cujo resultado oficial deve ser divulgado esta sexta-feira. O júri está sendo presidido pelo francês Jean­Marie Dru e integrado, como representante do Brasil, por Adilson Xavier, diretor de criação da Giovanni, FCB.
A Giovanni, aliás, foi a agência brasileira que emplacou o maior número de finalistas: 6 comerciais, sendo seguida pela Almap/BBDO, que classificou cinco. No total do Brasil, 12 agências chegaram ao shortlist, que ficou com 482 trabalhos, algo como 10% das inscrições.
Pelas informações oficiais, o Brasil ficou em terceiro na quantidade de comerciais no shortlist, perdendo apenas para os Estados Unidos, com 168 finalistas, e a Inglaterra, com 67. Estes foram os filmes brasileiros que passaram pela primeira triagem do júri:
"Alarme", da Master e RGB para Concessionárias Fiat
"Aplauso", da Master e Salatini para Gov. do Paraná
"Árvore Humana", da Giovanni, FCB e Jodaf para Greenpeace
"Árvore", da Almap/BBDO e Zero Filmes para Jovem Pan
"Banheiro", da Fischer, Justus e Jodaf para Brahma
"Casal", da Almap/BBDO e O2 para Samsung
"Chuva", da Almap/BBDO e O2 para Samsung
"Clínica da Morte", da Giovanni, FCB e Jodaf para O Globo
"Disneylândia do Sexo", da Giovanni, FCB e Jodaf para O Globo
"Drag Queen", da DW e Chroma para Avamiller Laboratórios
"Esquecimento", da Salles/DMB&B e Chroma para Bezerra de Menezes
"Expresso da Cocaína", da Giovanni, FCB e Jodaf para O Globo
"Gato Preto", da DM9DDB e Movi&Art para ltaú Seguros
"Guerrilha", da Giovanni, FCB e Jodaf para O Globo
"Jimmy", da DM9DB e Movi&Art para Espaço 21
"Lar", da Salles/DMB&B e Chroma para Bezerra de Menezes
"Largada", da Almap/BBDO e Jodaf para Mizuno/Alpargatas
"Leds", da Young & Rubicam e Jodaf para Gradiente
"Orson Welles", da Fischer, Justus e Espiral para Brasilprev (já escolhido como Bronze, mas podendo mudar).
"Pai e Mãe", da Lowe Loducca e O2 para Nissin
"Piscina", da Talent Biz e O2 para Artex
"Stripper", da Young & Rubicam e Cia de Cinema para Nutrilatina
"Tempo", da F/Nazca S&S e Flip para Natan
"Tênis", da Almap/BBDO e O2 para Pepsi (outro que o júri já concedeu Bronze mas que ainda será confirmado esta sexta-feira).
"Terno", da Giovanni, FCB e Zero Filmes para Banespa
"Vamos perder, Brasil", da DW e Cinema Centro para Rehab
"Vestiário", da Dez Propaganda e Zeppelin para Universitário

Portugal vence a disputa dos jovens criativos

Se o Brasil foi bem em Press & Poster e na Mídia Interativa, no concurso dos Young Creatives o país não conseguiu ser premiado. Quem levou o título do anúncio vencedor foi Portugal, ficando em segundo a África do Sul e em terceiro a Austrália. O briefing pedia anúncios para angariar doações para a ONG americana Variety Children's Lifeline, especializada em tratar de crianças com problemas cardíacos. O trabalho português mostrou um menino com uma cicatriz no peito, cujos pontos da cirurgia parecem assinaturas de pessoas. O texto fala que o menino vai carregar aquelas pessoas no coração.
A dupla brasileira, formada pelo redator Fabio Saboya e pelo diretor de arte Eugênio Duarte, diretor de arte da DM9DDB, apresentou rigorosamente a mesma ideia que o terceiro lugar: a foto de um braço de criança, sugerindo que o leitor sentisse ali a pulsação de uma criança que não havia recebido ajuda. Segundo comentários dos jurados, o trabalho australiano foi o escolhido porque ousou mais na direção de arte.

Internet dá prêmio ao Brasil no novo festival da Sawa

Logo na estreia do Festival de Mídia Interativa em Cannes, o Brasil conseguiu um Leão de Ouro (aliás, o único existente, já que o concurso não concede Prata e Bronze). Foi para o site da 12ª Semana Internacional da Criação Publicitária, desenvolvido pela DM9DDB e produzido pela Urbana para a Editora Referência.
O Grand Prix do Cyber Lions foi dado ao site do fotógrafo inglês Frank Herdodlt (www.frankherdoldt.co.uk), da The Hub Communications. O Cyber Lions ainda é um concurso em processo de implementação. A própria organização do festival solicitou aos jurados sugestões para o próximo ano. Luiz Vieira, diretor de criação da Standard-Rio, que representou o Brasil no júri, gostaria, por exemplo, que banners e sites concorram separadamente.
Para ele, um banner é como um anúncio, enquanto um site tem a abrangência de um comercial, o que impediria que concorressem entre si.
Os demais leões de Mídia Interativa foram para
12ª Semana de Criação do Brasil: www.dm9.com.br/adweek
Anderson & Lembke: www.anl.comlanl/awards/cyberlion
Bozell: www.webspot.comlshopvac
CKS de Nova York: working.cks.com/lions/entiven
CKS Group Cupertino: www.carnationbaby.com
Cybersight Portland: www.molson.com
Ford da Austrália: www.ford.com.au
Grey de Nova York: www.greyinteractive.com/cannes
Grey Worldwide: www.dell.com
Ogilvy Mather do Reino Unido: www.campaigntive.com
Ogilvyone: www.oandrni.com/libm/naganonames/lug
The Hub Communications: www.genie.co.uk
Thinking Media: www.thethinkngmedia.com/lawards/ca
Trunitt + Partner Ottobrunn da Alemanha: www.bewag.de
US Interactive: www.usintecative.com/adbanners

Press & Poster dá ao Brasil segundo lugar no mundo

A Giovanni, FCB conquistou o único Leão carioca da sétima edição do Festival de Press & Poster de Cannes, entre os 26 conquistados pelo Brasil a partir das 80 peças nacionais que chegaram ao shortlist total de 500 trabalhos. A agência apresentou uma série de anúncios para o Greenpeace, nos quais as imagens clássicas de silhuetas humanas desenhadas em ruas e calçadas nos casos de crimes foram substituídas por imagens de animais e árvores.
Entre os leões brasileiros houve um de ouro do Brasil assinado pela DM9DDB para divulgar a exposição do artista colombiano Botero no MASP. A peça mostrava apenas um prego dobrado no canto do trabalho, simbolizando o peso das gordinhas pintadas pelo artista. A versão deste para anúncio de jornal também foi premiada, com medalha de prata.
O GP do Press & Poster foi para os Estados Unidos, com a campanha da lançamento do novo Fusca, criada pela Arnold, de Boston. São 13 anúncios, com títulos inteligentes e um layout extremamente simples.
As agências brasileiras mais premiadas foram a DM9DDB, com 10 Leões, a Almap/BBDO, com nove e a Young & Rubicam, com quatro. Ainda ganharam prêmio, um Leão cada, DPZ, F/Nazca S&S e a já citada Giovanni, FCB.
A característica do Press & Poster deste ano foi a absurdamente alta presença de trabalhos fantasmas, ultrapassando 50% das peças finalistas, pelo menos no caso brasileiro. No ano da Copa, a ordem foi mesmo fazer gol até de mão. Aproveitando que Poster não precisa ser veiculado, criadores do mundo inteiro passaram a se dedicar a este festival para conquistar seus Leões sem ter que enfrentar dificuldades como problemas de marketing, aprovação do cliente ou mesmo falta de verba para produzir comerciais. Não por acaso, a organização do Festival já está estudando uma maneira de acabar com os prêmios de Leões no Press & Poster, que estão diminuindo a importância dos premiados em filmes.

MKTMIX   MKTMIX

* PARABÉNS PRA VOCÊ - A Janela se abre para comemorar os próximos aniversários do mercado:
Dia 26, sexta: Maria Célia Salgado (Diretora de Criação da Tática);
Dia 28, domingo: Arnaldo Cardoso Pires (Dir. Presidente de Operações da Cult);
Dia 29, segunda: Regina Burgum (Secretária da DPZ);
Dia 30, terça: Paulo Henrique Almeida (Diretor de Mídia da Elan Garden), Romeu Loures (Redator de Criação da Doctor);
Dia 01, quarta: Antônio Celso Souza (Diretor de Arte da Giovanni, FCB), João Galhardo Jr. (Diretor de Arte V &S), Luiz C. "Gaucho" Cortabitart (Diretor da Mr. Vox), Vera Lúcia Oliveira (Diretora de RTVC);
* BON JOUR - Esta coluna foi integralmente escrita em Cannes, onde este colunista está participando da cobertura do Festival de Publicidade da Sawa.
* COLETIVA CHIQUE ­ Este domingo, Eduardo Fischer faz coletiva em Paris para marcar o encerramento da exposição "É tempo de Brasil" e anunciar oficialmente as novidades na sua agência, que há poucos meses perdeu para a agência Newcomm Bates o sócio Roberto Justus. O agência muda de Fischer, Justus para Fischer América e a direção de criação deixa de ser de Ciro Pelicano para estar integralmente nas mãos de Sílvio Matos. No Rio, não deverá haver alteração na estrutura da Fischer, a não ser a mudança - confirmada para a primeira quinzena de julho - para uma nova sede no edifício Manhattan Tower, com uma festa que promete ser memorável no Rio, no nível das que a Fischer promove internacionalmente.
* MAIS UM PREMIO· Surgiu como sugestão num jantar na Ladeira do Souquet (o chamado "Pelourinho") e a Janela já vai estudar o assunto: realizar um concurso publicitário apenas para trabalhos não veiculados. Ou seja, os chamados "fantasmas". Se os criadores acham importante mostrar a sua criatividade desta forma, por que não institucionalizar a escolha deles? Afinal, até Monet já participou de um Salão de Recusados.
* CARTAS· Correspondências para a Janela devem ser enviadas para a Rua Eurico Cruz, 15/2º andar, CEP 22461-200, Rio - RJ. Ou para o e-mail ehrlich@pobox.com.