- Publicidade
- Promo / Live
- Design
- Marketing Digital
- Marketing Direto
  - Assessorias de Imprensa
- Bancos de Imagens etc.
- Casting: Elenco e Modelos
- Consultorias
- Emp.de Tecnologia Digital
- Gráficas
- Gráficas Digitais
- Institutos de Pesquisa
- Materiais Promocionais
- Produtoras e Estúdios
- Outros Serviços
  - Veículos (Brasil)
- Veículos (Mundo)
- Publicações do Trade
  - Redação
- Dir.Arte e Design
- Ilustração
- Fotografia
- Web
- Outros Serviços
  - Bibliografia
- Blogs
- Calendário Promocional
- Entidades (Brasil)
- Entidades (Mundo)
- Escolas
- Leis e Textos
- Premiações
- Variedades
 
- Auto-Retrato (M.E.)
- A Janela no Twittter
- O Marcio no Twittter
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Voltar Imprimir Enviar p/ um Amigo

Kindle repensa modelo de negócio e conquista novos clientes

Os sócios da Kindle Bruno Magalhães, Mariano Ferreira e Bruno Chamma.
Os sócios da Kindle Bruno Magalhães, Mariano Ferreira e Bruno Chamma.
Após o término da sociedade com Eduardo Pedreira e Eduardo Bastos, em junho do ano passado, Bruno Chamma e Bruno Magalhães, sócios da Kindle, repensaram o modelo de atuação da empresa no mercado e decidiram: não querem mais que ela seja chamada de "agência".

Em conversa com a Janela, Chamma conta que a mudança só trouxe bons resultados:

"Conquistamos dez novos clientes nos últimos três meses e contratamos 13 profissionais este ano, apostando na comunicação integrada, no nosso DNA digital e fazendo trabalhos bem feitos. O último trimestre de 2016 foi o melhor em dez anos", comemora.

Para os Brunos, Chamma e Magalhães, o modelo antigo -- e convencional -- de agência foi um dos motivos que levaram tantas delas a fechar no ano que passou. A forma de negociar com os clientes na Kindle mudou, como conta Chamma: "Passamos a fechar alguns negócios no risco. Recebemos um valor fixo mais percentual. Nos comprometemos com os resultados e isso deixou os clientes mais confiantes."

"A metodologia criada pela turma da Kindle vem mostrando bons resultados", garante Chamma. Tanto que, recentemente, conquistaram mais uma conta, a do canal Combate, da Globosat, para o qual trabalharão em parceria com a área de comunicação e Branding daquele grupo, administrando e desenvolvendo conteúdo para o Facebook, Instagram e Twitter, além de cuidar do SAC 2.0. A Kindle pretende, inclusive, cobrir, em tempo real, os eventos transmitidos pela emissora.

Outra razão para esta nova e boa fase da empresa, segundo Chamma, foi a dobradinha de Anas, Tavares e Accioli, dividindo a direção de criação: "Elas trabalham afinadas, têm coerência criativa e são assertivas. Uma tem a cabeça mais voltada para o online e a outra para o offline. Ambas trabalham focadas no cliente, não criam apenas para ganhar prêmios."

Os sócios da Kindle - que completou uma década em 2016 - acreditam na comunicação como um todo:

- "Nossas equipes trabalham juntas e de forma multidisciplinar, trocando informações e acrescentando uma à outra. A estratégia é utilizar campanhas multiplataforma, que cheguem ao público através de todos os canais", garantiu Chamma.

(Renata Suter - 09/02/2017)


Clique para ir ao site do Colunistas

 
 
[ HomeFale Conosco | CadastroEmpregosAnterioresÚltimas ]
Copyright 2015 © Todos os direitos reservados a Janela Publicitária.