Voltar Imprimir Enviar p/ um Amigo

Publicitários se juntam a roqueiros para ajudar Aleppo

Rock por Aleppo
A marca do Rock por Aleppo, que também estará em camisetas vendidas para o show.
No próximo dia 29 de abril, na Fundição Progresso, os roqueiros cariocas poderão balançar suas cabeças ao som do Tihuana, Detonautas, Caio Corrêa (ex-Scracho) e outras bandas de rock, enquanto ajudam as crianças de Aleppo, na Síria.

O projeto, batizado de "Rock por Aleppo - Show pela Síria", nasceu de publicitários que trabalham no Rio de Janeiro. Entre eles, o diretor de arte Christian Laurito, da Agência3, e o redator Fábio Maia, da Geometry Global. Ambos amantes de música. Fábio também é DJ e Christian é irmão do baixista do Tihuana, Román Laurito.

Meses atrás, quando o drama das crianças de Aleppo começou a chegar à mídia, surgiu entre eles a sensação de que precisavam participar do socorro às vítimas do conflito. Logo foram se juntando vários outros profissionais do mercado. Da própria Agência3, a planejadora Isabelle de Paula e o profissional de redes sociais Lincoln da Mata. Da Staff, o diretor de arte digital Guilherme Chaves. Do estúdio Lightfarm, Ramon Saroldi. E, de produtoras, Nicole Santaella (Conspiração), Luciano Cyan e o dublê de músico e produtor de filmes Caio Corrêa (Flash Filmes).

Com a turma reunida, já surgiu logomarca, videoclipe, camiseta, página no Facebook e o site benfeitoria.com/rockporaleppo, onde todo o projeto está explicado para o público. O esforço é para arrecadar fundos que banquem a infraestrutura do show e permita mandar 45% para enviar a Aleppo, através da ONG Save the Children, da ONU. Até o momento foram arrecadados R$ 2.200, mas meta é chegar a R$ 30 mil até 27 de abril.

(Marcio Ehrlich - 10/03/2017)

 
[ ÚltimasAnterioresGuia do MercadoSobreFale Conosco ]
 
Copyright 2017 © Todos os direitos reservados a Janela Publicitária.