• Carla Alves deixa a Direção de Redação do Grupo O Dia

    Carla Alves

    A jornalista Carla Alves comunicou na tarde de terça-feira, 09/06, ao Grupo O Dia, responsável pelos jornais O Dia e Meia Hora, que está deixando a sua Direção de Redação. Mineira de Sete Lagoas, com família residindo em Belo Horizonte, ela vinha se dividindo entre Minas e o Rio desde outubro de 2019, quando assumiu a função. Em conversa com a Janela, Carla alegou motivos pessoais. “Com a pandemia, se tornou muito difícil eu ficar indo e vindo entre o Rio e Minas, onde estão meu marido e meu filho”, explicou. Formada em Jornalismo pela Uni-BH, Carla tem passagem por rádio e tv, mas se firmou após entrar, em 1998, na Sempre Editora, que edita os jornais O Tempo e Super. Começando como produtora de Cidades, chegou a subeditora de Política e editora das edições diárias do Super.

    O sócio do Grupo O Dia, Nuno Vasconcelos, lamentou, para a Janela, a saída da profissional. “Ela vinha sendo meu braço direito na redação”, justificou o executivo, que começa a procurar um novo nome, mas sem urgência. “Tenho dois excelentes editores, o Alexandre Medeiros no O Dia e o Edmo Junior no Meia Hora, que poderão continuar tocando as nossas publicações”, destacou Vasconcelos.

    A redação do Grupo O Dia não deixou de se abalar, como muitas outras empresas, com a necessidade de adotar home-office para grande parte de sua equipe de cerca de 120 jornalistas e produtores dos impressos e das versões online. Nos últimos dias, inclusive, a casa vem buscando uma negociação com o Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro para permitir a volta de seus repórteres às ruas, que a diretoria definiu para acontecer já a partir da próxima segunda-feira, 15/06. A questão, que chegou a ser motivo de debate com parte da equipe, está sendo equacionada, informou Nuno Vasconcelos à Janela. “Vamos continuar criando condições de trabalho seguras para nossos jornalistas. É importante lembrar que fomos os primeiros a dispensar a presença desses colaboradores na nossa sede, tanto que, até agora, não tivemos sequer um registro de morte na empresa”, assegurou.

    Com o afastamento do Grupo O Dia, Carla Alves ainda não tem definição sobre o seu futuro. “Quero aproveitar para continuar essas próximas semanas junto da minha família”, adiantou à Janela a profissional, que também vinha trabalhando em home-office desde o início da quarentena. “Mas não descarto voltar a trabalhar no Rio de Janeiro, cidade que amo há muito tempo”, ressaltou Carla.

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    seta