• CC&P leva Detran-DF, com resultado tendo vazado na imprensa

    Detran - DF

    O resultado da concorrência do Detran-DF foi revelado nesta sexta-feira, 09/10, em Brasília, com a CC&P em primeiro lugar, gerando mal estar entre as demais 25 concorrentes. A pontuação confirma a matéria publicada ontem, 08/10, em matéria de Mino Pedrosa no site QuidNovi, antecipando que a agência seria a vencedora.

    Disse o jornalista: “Nesta sexta-feira (09), que não é 13, portanto, será dia de sorte para o cientista político, Antônio Lavareda e sua empresa CC&P (Cia de Comunicação e Publicidade). No jogo de cartas marcadas, tradição nas licitações comandadas pelo secretário de comunicação do Distrito Federal, Weligton Moraes (vulgo Baiano), vai entregar sob medida R$ 17.000.000,00 (dezessete milhões de reais) por ano para compensar Lavareda por seus trabalhos para o então candidato a governador, Ibaneis Rocha (MDB-DF).”

    A publicação deixa a licitação sob suspeita, já que as notas atribuídas pelos julgadores Maurício Carvalho Sampaio, Eduardo de Souza Soares e Fernando Vasconcelos deveriam ser sigilosas até a Comissão de Licitação abrir os resultados esta manhã.

    Ficou assim o resultado, com a ordem das agências e suas notas, considerando que, a partir da 7ª, foram todas desclassificadas:

    1. CC&P: 94,67
    2. AV: 88,00
    3. Nova SB: 87,83
    4. SGNA (Sette Graal): 82
    5. Desigual: 76,84
    6. De Brito: 75,50
    7. Propeg: 69,67
    8. Binder: 66,33
    9. Calia: 65,00
    10. PPR (NBS): 64,67
    11. Artplan: 64,00
    12. Escala: 61,83
    13. E3: 58,66
    14. Nacional: 59,19
    15. EBM Quintto: 57,83
    16. Radiola: 55,83
    17. BriviaCom: 52,34
    18. Brasil 84: 51,83
    19. Calix: 51,67
    20. Duelo: 46,17
    21. AG: 44,00
    22. Fértil: 41,66
    23. Cannes: 40,50
    24. B Toledo: 36,83
    25. Formiga: 15,33

    Segundo comentários durante o encontro, haverá agência interessada em entrar com recurso. “Um desrespeito ao investimento das agências que trabalharam, e muito”, declarou um dos licitantes à Janela.

    ATUALIZAÇÃO EM 22/10/2020

    A Secom-DF informa que entraram com recurso contra os resultados as agências AV e Nova/SB. As duas, colocadas, respectivamente, em segundo e terceiro lugares, teriam chance de melhorar de posição com a perda de pontos da vencedora CC&P.

    Com isso, ficou aberto o prazo de cinco dias úteis, a partir desta quinta, 22/10, para as licitantes que quiserem apresentar impugnações diante dos recursos interpostos.

    Curiosamente, ao contrário do esperado por algumas agências, o Ministério Público do Distrito Federal não abriu processo, até a publicação desta nota, para averiguar o vazamento da informação do nome da vencedora.

    ATUALIZAÇÃO EM 24/11/2020

    O Diário Oficial da União desta data publicou que a CC&P e a AV tiveram seus documentos habilitados na quarta sessão da concorrência. Aliás, as duas foram as únicas a levar documentos de habilitação. Nova/SB, SetteGraal, Desigual e Debrito sequer se preocuparam em aparecer.

    ATUALIZAÇÃO EM 04/12/2020

    O Diário Oficial da União registra nesta data que, como não houve interposição de recurso administrativo referente ao julgamento da documentação de habilitação, apurada na quarta sessão pública, realizada no dia 23/11/2020, a licitante Companhia de Comunicação e Publicidade Ltda, CNPJ n.º 69.277.291/0001-66 “sagrou-se vencedora do certame acima citado”.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    62 + = 66

    seta