• CCRJ libera seu 11º anuário para download gratuito

    Anuário 11 do CCRJ

    Era para ter sido impresso. Mas a pandemia atrapalhou tudo. Então, o 11º anuário do Clube de Criação do Rio de Janeiro (CCRJ) — que até edições anteriores se chamava “Melhor do Rio” — acabou saindo mesmo em formato digital.

    Produzido ainda no tempo em que Pedro Portugal liderava a entidade, o anuário poderá ser tanto baixado quanto folheado no site anuariodoccrj.com.br.

    A atual diretoria do CCRJ, que tem Daniel “Japa” Brito à frente, explica que “a pandemia trouxe problemas para a gráfica que rodaria o anuário como parceira da entidade”. Como o material estava pronto e engavetado, a antiga diretoria agora resolveu liberar a peça digitalmente.

    Como conta Pedro Portugal, “além de combinar com o posicionamento de Democracia Criativa que guiou o clube nos anos de 2018 e 2019, percebemos que não existia motivo para segurar mais o lançamento, ainda mais nesse momento em que tudo ficou mais digital em função do isolamento social”.

    A criação do conceito visual, todo baseado em tijolos, é do diretor de arte e VP de criação da 3AW, Henrique Carvalho, para marcar a reconstrução do CCRJ. Diz Carvalho que “os tijolos representam a diversidade pelos seus mais variados estilos e usos, que vão muito além das paredes. Esse é um anuário que valoriza as agências, os profissionais e os clientes, mostrando que cada ´tijolo´ é importante no processo de construção do nosso mercado”.

    Ficha Técnica

    Coordenação Geral: Pedro Portugal
    Coordenação: Felipe Paganoti
    Criação e direção de arte: Henrique Carvalho
    Assistente de arte: Flávio Zulu e Carlos Eduardo Tenchini
    Redação: Adilson Xavier, Toninho Lima e Pedro Portugal
    Revisão: Aline Augusta, Tatiana Nascimento, Livia Monteiro, Isabela Nunes, Patrícia Assis e Renato Centeio
    Fotografia: Ulysses Moraes
    Manipulação: Estúdio Insônia
    Finalização: Carlos Eduardo Tenchini
    Apoio: Roberto Sá Filho
    Produção Digital: 3AW Brasil

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    27 + = 36

    seta