• TPNQ e Mill vencem a concorrência de Promo da Petrobras

    Petrobras

    Duas agências pouco conhecidas no mercado de Promo — a TPNQ e a Mill — conseguiram derrotar alguns dos maiores players do setor na concorrência pela conta promocional da holding Petrobras, como Banco de Eventos, The Group, Latin Promo, Rock e V3A. Se superarem as fases de negociações e habilitação de documentos, elas vão gerenciar uma verba, prevista no edital, de R$ 30 milhões.

    O resultado foi revelado em novembro apenas pelos trâmites burocráticos, sem qualquer publicação, pela Petrobras, em Diário Oficial ou em seu site. Aliás, a página de transparência da Petrobras não tem nada de transparente, citando apenas a existência da licitação, sem qualquer possibilidade de acesso aos documentos do que a Petrobras chama de “Oportunidade nº 7002970067”.

    A Janela conseguiu ter acesso à Circular nº 60, enviada às concorrentes em 11/11, com a ata da Sessão Pública de divulgação dos resultados, e conta aqui a história.

    Doze agências disputaram a conta da Petrobras. Três já foram consideradas desclassificadas na primeira fase, de avaliação técnica. As agências AvantGarde Brasil Comunicação Ltda. e a Rock Comunicação Ltda. por terem levado “nota zero em quesito ou subquesito” pela subcomissão julgadora. E a Nó de Rosa Produções Eireli por ter deixado algo em seu material que permitiria uma “identificação inequívoca de sua proposta”.

    Após a revelação das notas técnicas e abertas as propostas de preço das nove agências remanescentes, mais duas foram desclassificadas: a Expertise Marketing Promocional Ltda., por não atingir a nota mínima de 49 pontos na fase técnica — ela conseguiu 45 pontos — e a JB Propaganda e Marketing Eireli que, apesar de levar 77,67 na técnica, não alcançou o mínimo de 10,50 pontos na fase seguinte.

    As sete restantes ficaram assim classificadas:

    Pos. Agência Técnica Preço Final
    TNPQ 97,00 89,911 94,87
    Mill 92,00 89,953 91,39
    V3A 86,33 89,992 87,43
    Neno 86,00 90,012 87,20
    The Group 83,00 90,005 85,10
    Latin Promo 81,00 89,930 83,68
    Banco de Eventos 80,67 89,998 83,47
    Sobre as vencedoras

    Fomos pesquisar e descobrimos que TPNQ quer dizer Tupiniquim, nome de fantasia da Colmeia Comercio de Brindes e Serviços de Comunicação Integrada Ltda. A empresa paulista é comandada por seu CEO Bruno Busquet, que inclusive tem matérias publicadas na imprensa especializada sobre o tema Varejo. Ele é presidente do Popai Brasil, entidade voltada a pontos de venda. O site da agência, em tpnq.com.br não traz muita informação, sem link para trabalhos. Entre os clientes atendidos estão Sadia, Fireston, Pepsico e Itaipava.

    A Mill, também de São Paulo, tem como razão social 1.mil Publicita Ltda. O site millpublicita.com.br está fora do ar e a página do Linkedin não tem conteúdo. A empresa tem como sócios Ricardo Tavares e Camila Putignani, que, em 2016, venderam 49% de suas ações para a rede George P.Johnson (GPJ), pertencente à holding Project Worldwide.

    Próximos passos

    Ainda de acordo com a Circular nº 60, as próximas etapas serão de verificação de efetividade da proposta, negociação e habilitação.

    A licitantes JB, Neno e V3A entraram com recursos e o prazo para a apresentação de impugnações irá até 08/12.

    Comunicado da Petrobras à Janela
    Em relação à matéria “TPNQ e Mill vencem a concorrência de Promo da Petrobras”, a companhia esclarece que o processo licitatório ainda não foi concluído e está em etapa de análise de recursos, conforme informado na CIRCULAR Nº 60 – ATA DA SESSÃO PÚBLICA DE DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS, no seu item 11. Este procedimento está previsto no item 7 do edital de licitação, onde qualquer licitante poderá interpor recurso, de forma motivada, respeitando o prazo de 5 dias úteis a partir da divulgação dos resultados da licitação. Assim, o processo não encontra-se encerrado, não sendo possível indicar, neste momento, as empresas vencedoras da licitação em definitivo.

    Quanto à transparência do processo a Petrobras informa ainda que todo o andamento das licitações em curso é registrado na Petronect, o portal corporativo para contratações, de acesso público, seguindo estritamente o previsto na Lei 13.3030/2016, Art.39.

    O andamento pode ser acompanhado em: Compras e Contratações / Licitações Públicas / Em Andamento / Modo de Disputa Fechada / Oportunidade 7002970067.

    Réplica da Janela

    A despeito deste comunicado da Petrobras, a citação de que as duas agências foram consideradas vencedoras não é originalmente nossa e sim da própria Petrobras, como mostra o “screenshot” publicado abaixo, tirado da documentação disponível no portal Petronect.

    Se não era “possível indicar, neste momento, as empresas vencedoras da licitação em definitivo“, a própria Petrobras não poderia, como está literalmente, em seu portal, informar que as duas “foram declaradas vencedoras deste certame”.

    Petrobras - Concorrência de Promo - Declaração de Vencedores

    Além disso, a Janela insiste que o portal Petronect tem a interface menos amigável de todas as que, há mais de 40 anos, acompanhamos para noticiar concorrências públicas.

    Não bastasse esse tortuoso caminho indicado pela própria Petrobras — cinco cliques até chegar a se indicar o número da concorrência, a Petrobras esqueceu de dizer que ainda precisa selecionar em um menu drop-down a razão social da empresa. E há outras semelhantes, vale dizer.

    As dificuldades causadas aos usuários continuam com a série de preenchimentos de códigos de acesso alfanuméricos. São vários. O primeiro para poder chegar à página de informações da disputa. Depois, cada botão exige a digitação de novo código!! Ora, se já fez o usuário passar pelo primeiro, para que mais? Para dificultar o quê, se todos os documentos são (ou deveriam ser) públicos?

    A complicação para a vida do usuário continua na escolha da fonte em corpo microscópico (menor que 6). E com botões que não permitem clicar com o botão direito do mouse para abrir em nova aba, para não se perder o contato com a página inicial.

    Que tal a Petrobras, que fez questão de nos responder, aproveitar o tempo de pandemia e contratar alguém mais atualizado no que se chama de “user-friendly” ou “usabilidade”?

    SAIBA MAIS NA JANELA.COM.BR

    Petrobras licita duas agências de promo e eventos (em 28/01/2020)

    Licitação da Petrobras para agências de Promo será dia 24/07 (em 24/07/20)

    Concorrência de Promo da Petrobras atrai 12 agências (em 02/10/2020)

    PUBLICIDADE

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    Discussão

    1. Jonas

      Se me passar seu email posso te encaminhar todos os emails de propostas e acordos feitos para esse trabalho. Em nome da Camila Putignani, CEO; André, Diretor de Criação e Rodrigo Biondi, diretor de operações. Quero fazer isso chegar até a Petro. Dediquei mais de 6 meses para esse trabalho e estou sendo tratado como lixo por eles.

      1. Marcio Ehrlich

        Jonas, o e-mail da Janela é [email protected].

    2. Jonas

      Olá Marcio, sabe me dizer qual foi a procedência dos recursos?Meu nome é Jonas, fui o planner responsável por todo desenvolvimento do projeto para a Mill, contratado como Freela, para a 3 vertentes, Endo, campus e Rio Oil, mas eles se recusam a me pagar o valor combinado de success fee, ignoram os emails que eu mando e não sei mais o que fazer. Não tenho acesso ao desdobramento disso. Meu plano foi vencedor, mas devido a erros bobos em planilha o projeto ficou passível para recursos.

      1. Jonas

        Outro ponto é que os dados divulgados da Mill estão errados.

        1. Marcio Ehrlich

          Jonas, quais são os dados errados e quais seriam os corretos?

    seta