• Orla Rio retoma ações de conscientização à Covid-19 nas praias

    Orla Rio - Ação de Conscientização à Covid-19

    Os calçadões das praias do Rio voltaram a receber os promotores da Orla Rio para conscientizar os cariocas a respeitar as regras de prevenção à Covid-19. Utilizando os equipamentos de distribuição volante de álcool gel da Social & Soluções, os promotores da Orla Rio aproveitaram o aumento da frequência às praias para também distribuir folhetos sobre como se precaver contra a doença.

    “Vivemos um trauma, que foi o fechamento das praias, e não queremos passar por isso de novo. Mas, para que isso não ocorra, a população tem que fazer sua parte: respeitar os novos hábitos e usar esse espaço de forma consciente e responsável. A pandemia não acabou”, alertou o presidente da Orla Rio, João Marcello Barreto.

    A ação teve também o apoio da Rádio Tupi.

    Réveillon à vista

    A Orla Rio também está se preparando para o Réveillon carioca. A Prefeitura do Rio publicou na última terça, 08/12, as medidas que devem ser tomadas pelos quiosques cariocas durante o Réveillon de 2021.

    Os eventos estão liberados, mas os responsáveis pelos quiosques deverão delimitar suas áreas e utilizar marcações e sinalizações para garantir a distância entre as pessoas. Algumas medidas soam estranhas, como obrigar os quiosques a escalonar os horários de acesso ao evento e limitar o fluxo de entrada e saída. Como se isso fosse possível em uma festa como o Réveillon. Um dos itens definidos pela Prefeitura do Rio é particularmente risível:

    “Coibir atitudes que possam gerar contaminação nas áreas de trabalho, como comer, fumar, tossir, cantar, assoviar ou outras situações anti-higiênicas. Não é recomendado o uso de celulares no ambiente de trabalho.”

    De qualquer modo, será cobrada a desinfecção com álcool 70º de todos os objetos, superfícies e itens que possam ter contato manual com o público e os funcionários, assim como precisará haver dispensers com álcool-gel.

    Guilherme Borges, VP da Orla Rio, achou importante a liberação porque é sabido que o carioca irá à praia de qualquer modo. “O quiosque permitirá organizar melhor as festas, porque não só é quem tem alvará como poderá ser fiscalizado, o que não acontece com ambulantes”, declarou, já adiantando que até convênio com os Bombeiros a Orla Rio firmou para o evento de fim de ano.

    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    + 72 = 73

    seta