• Dia Internacional da Mulher mobiliza a publicidade

    Binder para Ancar: Dia Internacional da Mulher 2021

    Durante toda esta semana, a mulher esteve em pauta no Brasil, com agências e anunciantes já botando na rua trabalhos em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que será comemorado na segunda-feira, 08 de março.

    No Rio, a agência Binder, em parceria com a ONG Themis, criou uma série de peças para os shoppings do grupo Ancar — Nova América, Madureira Shopping e outros –, promovendo o telefone 180. O objetivo é mostrar que há vários tipos de violência que podem ser denunciadas, não apenas a doméstica, como a revelação de cenas íntimas sem autorização e também a desvalorização no trabalho por ser mulher.

    O Grupo Pão de Açúcar, em um comercial criado pela BETC/Havas e dirigido por uma mulher, Renata Sette, para a produtora Sagaz Filmes, homenageou as mulheres contando a história de mulheres que fazem sua própria cerveja.

    A farmacêutica Bayer anunciou que criou uma meta interna para que, até 2025, metade das suas lideranças sejam de mulheres. Hoje, na empresa, nos cargos que eles chamam de baixa e média liderança – gerentes, chefes de departamento etc. – em cada 10, seis são homens e só quatro mulheres.

    Mas claro que o Dia Internacional da Mulher também é uma boa oportunidade de vender pra elas. A turma do Super Saudável Shopping está fazendo uma promoção, criada pela agência 11:21, que lembra dos movimentos dos anos 60, quando as mulheres iam para as ruas queimar sutiãs em protesto, porque a peça de vestuário era vista como um símbolo da opressão sobre as mulheres.

    11:21 para Super Saudável Shopping; Queima de sutiãsO Super Saudável Shopping, então, resolveu fazer uma “queima de sutiãs”. Só que, desta vez, não por protesto, mas como liquidação de preço de sutiãs especiais, como o voltado para a amamentação e o sutiã ortopédico.

    Origem

    A história do 8 de março remete a um episódio que já tem mais de 100 anos. Foi no dia 8 de março de 1917, em plena Primeira Guerra Mundial, que 90 mil mulheres russas sairam em manifestação para pedir melhores condições de vida e de trabalho.

    Se ainda hoje, tem gente que acha que lugar de mulher é na cozinha, imagina 100 anos atrás.

    PUBLICIDADE

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADESBT Rio
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta