• Morre Lúcia Leme, colunista de TV e de publicidade

    Lúcia Leme

    Jurada de primeira hora do Prêmio Colunistas Rio, a jornalista Lúcia Leme morreu nesta segunda-feira, 08/03, aos 82 anos, não resistindo a um câncer no pulmão.

    Lúcia Leme estagiou na TV Tupi, nos anos 1970. Paulo Alberto Monteiro de Barros, o Artur da Távola, a convidou a escrever sua coluna sobre televisão no segundo caderno do Globo e Lúcia acabou se apaixonando também sobre publicidade, que analisava do ponto de vista dela própria como consumidora.

    Escreveu também nas revistas da Bloch Editores, como Amiga, Manchete e Fatos e Fotos. E foi uma das jornalistas do programa Intervalo, pela TV E. Mas se tornou mesmo conhecida do público quando passou a apresentar, pela mesma TV E, entre 1986 e 1996 o programa Sem Censura.

    Em 1982, foi convidada a compor o júri do primeiro Prêmio Colunistas Rio, participando dos julgamentos até 1998.

    Seu enterro acontece ainda hoje, às 16:30h, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, no Rio.

    PUBLICIDADE

    Tupi na TV.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    + 26 = 27

    seta