• Apenas 11 agências estão na disputa pelas três vagas do Sebrae

    Sebrae, especialistas em pequenos negócios

    A verba é de R$ 165 milhões, mas, como comentou um amigo da Janela, “a conta do Sebrae Nacional dá muito trabalho e as agências têm que estar bem estruturadas para conseguir entregar”. Outro amigo  da Janela comentou que é uma “licitação considerada difícil de preparar”, como confirmou um terceiro:  “o edital é muito amarrado, com tantas prerrogativas legais que dificulta a participação”. E ainda houve quem desabafasse: “todas as agências presentes viraram as últimas noites para entregar suas propostas. Foi uma loucura, uma gincana, atender todas as exigências”.

    Talvez por isso não foram muitas — somente 11 — as agências que se apresentaram, nesta sexta-feira, 16/04, na sede do órgão, em Brasília, para entregar suas propostas: Artplan, Binder, Calia, DeBrito, E3, Fields, Lew’Lara\TBWA, Nacional, Nova/SB, Propeg e RP. Como se vê, tirando esta última, a RP, agência de Mogi das Cruzes, são as que tradicionalmente disputam contas públicas.

    O Sebrae Nacional vem sendo atendido desde 2013 pelas agências Lew’Lara\TBWA e Nova/SB, que se confirmaram na concorrência realizada em 2018, por um valor de R$ 80 milhões. A atual concorrência nº 1/2021, na verdade, cita no edital que a seleção será para “até” três agências.

    PUBLICIDADE

    Tupi na TV.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Sebrae Nacional abre ‘registro de preços’ para três agências (em 02/03/2021)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    + 82 = 84

    seta