• BRB acata a Justiça e informa que vai assinar com Agência Um

    BRB - Agência

    Parece que agora vai chegar ao final a novela da concorrência do Banco de Brasília (BRB). A instituição respondeu à Justiça de Brasília que “em atenção ao ID 87981551”, o BRB não só analisou os documentos da BCA Propaganda Ltda. — razão social da Agência Um –, como confirmou que ela cumpriu as exigências do edital e adiantou que suspendeu o contrato assinado com a agência até então considerada a segunda colocada na disputa, a Fulldesign Comunicação e Tecnologia Ltda. Com isso, fica a Agência Um “apta a realizar o contrato” com o BRB.

    Relembrando a trama

    O BRB vem tentando realizar sua concorrência desde 2019. Lançou, cancelou e, quando voltou, em 2020, conseguiu 16 agências se inscrevendo na disputa pela a conta avaliada em R$ 35 milhões.

    Divulgados os resultados, a Cálix — que já vinha atendendo o banco junto com a NBS — ficou em primeiro na fase técnica, com a Agência Um em segundo.

    Só que, surpreendentemente, a Agência Um não apareceu na sessão de abertura dos envelopes de habilitação. Por isso, foi desclassificada e subiu à segunda posição na classificação a Fulldesign, que acabou tendo seu contrato assinado com o BRB, assim como a Cálix na tranquilidade da sua primeira posição.

    Como a própria Janela acabou descobrindo com o diretor da Agência Um, Luiz Augusto Filho, a ausência da agência deveu-se a ela sequer ter tomado conhecimento do encontro, já que o BRB não fez a convocação da sessão em Diário Oficial, apenas em seu próprio site.

    Só que o advogado da Agência Um, Gustavo Schiefler descobriu que, pelo Regulamento de Licitação e Contratos do Banco de Brasília, teria sido obrigação do banco publicar o aviso no Diário Oficial do Distrito Federal.

    Resultado, Luiz Augusto Filho resolveu ir atrás do prejuízo com um Mandado de Segurança na 22ª Vara Civil de Brasília para buscar o cancelamento do resultado.

    Como se não bastasse tanta confusão, a AV também foi atrás dos tribunais para reverter a sua desclassificação na fase técnica, por problemas na forma de apresentação dos materiais. Essa demanda, no entanto, acabou não prosperando e a agência foi mantida fora da lista de classificadas.

    PUBLICIDADE

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADESBT Rio

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    BRB suspende licitação após diversas críticas do mercado (em 16/10/2019)

    BRB atrai 16 agências de norte a sul do país por verba de R$ 35 mi (em 11/11/2020)

    Cálix e FullDesign se classificam para a conta do BRB (em 21/12/2020)

    Agência Um vai à Justiça para cancelar resultado do BRB (em 18/02/2021)

    Nova decisão judicial pode mudar resultado da licitação do BRB (em 26/02/20)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta