• Itaú pede desculpas a bares e restaurantes por comercial

    Africa para Itaú: Você resolve tudo

    Com a agência Africa não se eximindo de assinar o anúncio, o Itaú publicou em vários jornais brasileiros um pedido de desculpas aos bares e restaurantes pelo comercial “No Itaú você resolve tudo”.

    A peça havia gerado uma enorme revolta no setor, inclusive com manifestações das lideranças dos restaurantes. Percival Maricato, presidente da Associação de Bares e Restaurantes de São Paulo, gravou um vídeo para a revista Menu demonstrando indignação e classificando a propaganda como “insensível, desonesta e cruel” neste momento de enormes dificuldades para o segmento.

     

    Ver essa foto no Instagram

    O comercial, que foi retirado do ar — e nem chegou a ser salvo por ninguém na internet — mostrava clientes de um restaurante sendo negligenciados por funcionários, para o Itaú propor: “Resolver tudo em um só lugar. Isso é muito você? Isso é muito Itaú. Itaú. Feito com você”.

    A campanha da África vinha reforçar uma postura do banco de valorização de seus próprios colaboradores. O “Itaú. Feito com você” incluiu uma ação pedindo que todos eles, em suas redes sociais, usassem a cor laranja do banco e postassem mensagens falando que ajudam a fazer o banco.

    Veja mais abaixo o pedido de desculpas do Itaú.

    PUBLICIDADE

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE
    Africa para Itaú: Pedido de Desculpas a Bares e Restaurantes
    Africa para Itaú: Pedido de Desculpas a Bares e Restaurantes

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    Discussão

    1. LUIZ C P FIGUEIREDO

      Parabéns pela matéria Marcio. Fortalece o setor demonstrando a sensibilidade do momento. abs Celso Pira Jr.

      1. Marcio Ehrlich

        Obrigado, Pira!

    seta