• Morre Mário Marcio Bandarra, diretor de TV e de publicidade

    Mário Marcio Bandarra

    Faleceu na manhã desta segunda-feira, 28/06, o diretor de TV e de publicidade Mário Marcio Bandarra, aos 66 anos. A causa da morte não foi revelada, mas sabe-se que ele estava internado e não resistiu.

    Bandarra atuou por 43 anos na Rede Globo, deixando a emissora em janeiro de 2019. Trabalhou em Armação Ilimitada, Malhação e novelas como O Cravo e a Rosa, O Profeta, Top Model e Rainha da Sucata, onde dirigiu inclusive este colunista em um de seus trabalhos como ator.

    Em publicidade, Mário Marcio Bandarra dirigiu comerciais para produtoras como Interface, Jodaf, Tec Cine, Claquete e Interteam Plus. Em 1993, chegou a ser o diretor de comerciais mais premiado no Colunistas Rio, com cinco trabalhos.

    Em 02/2020, ele se juntou à produtora Nova Onda em um projeto para investir em podcasts. Focado em conteúdo, fez parceria com a plataforma de áudio Orelo, e lançou “Biblioteca Monstro”, uma trama em 10 episódios para o público infanto-juvenil, e “A soma das horas”, em oito episódios, inspirada em crimes reais, para o público adulto.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Nova Onda aposta no podcast, cria estúdio e promete conteúdo (em 17/02/2020)

    PUBLICIDADE

    Tupi na TV.

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    77 − = 74

    Discussão

    1. Mario Barreto

      Meu xará era muito meu amigo. Trabalhamos juntos no seu início na TV Globo, fizemos várias coisas em conjunto, eu no Merchandising e ele dirigindo as novelas. Baixinho, sempre gordinho, sem nenhum atrativo físico assim que o destacasse, era querido pelas mulheres lindas.
      Foi casado com a linda Paola Ballousier, que foi RTVC da MPM. Com a teúda e manteúda da novela Tieta, a linda Luiza Tomé. Com a também linda Claudia Magno, a Garota Dourada.
      Era o seu jeitinho, sempre sorrindo, sempre gente boa. Não sei porque não falam nada, mas ele era soropositivo, desde o tempo de seu namoro com a Claudia Magno, que acabou falecendo de AIDS no longínquo ano de 1994. Estive com ele não tem muito tempo, o mesmo gente boa de sempre, esta morte me pegou de surpresa, pegou de surpresa todos os seus amigos. Uma pessoa iluminada.

    seta