• Riotur já procura quem vá cuidar do Carnaval de Rua de 2022

    Carnaval de Rua 2012

    Pode ir preparando a fantasia que a Prefeitura do Rio acaba de dar mais um passo para confirmar que quer fazer a festa de Carnaval em 2022. Com assinatura da Riotur, saiu o Caderno de Encargos com todas as exigências do município quanto à estrutura para os 40 dias da festa, entre 27/01 e 06 de março.

    Pelo levantamento da Janela em cima da documentação pública sobre o Carnaval de 2020, a festa  na rua, naquele ano, somando mídia, apoio aos blocos e ainda a chamada “outorga” — quanto a Riotur embolsa limpo –, somou R$ 24,5 milhões. Valor que, ano passado, foi assumido pela Ambev. Pelo apoio, a empresa espalhou peças promocionais pela cidade assinadas por sua cerveja Brahma.

    Em 2022, o custo ainda deverá ser maior, já que Eduardo Paes mais que duplicou o valor da outorga. Em 2020, o Caderno de Encargos definiu um valor de R$ 2,7 milhões para a empresa organizadora pagar à Riotur. No documento deste ano, a conta subiu para R$ 6 milhões.

    Dream Factory adianta interesse

    Vencedora das concorrências pela produção do Carnaval de Rua do Rio desde 2010, a Dream Factory, empresa do Grupo Dreamers, já começou a estudar as exigências deste ano. Duda Magalhães, presidente da agência, em conversa com a Janela, adiantou que o interesse, naturalmente, existe em continuar cuidando da festa.

    Magalhães, inclusive, parabenizou a Riotur por ter lançado a documentação já em agosto. “Agora que o Carnaval de Rua é um evento que disputa público em várias cidades importantes brasileiras, a Prefeitura do Rio fez bem em sair na frente”, explicou o executivo.

    Tanto a Dream Factory como as demais agências de eventos que queiram organizar o Carnaval de Rua carioca terão até 21 de setembro para enviar suas propostas, para o e-mail [email protected]. A Riotur promete revelar a vencedora também em setembro.

    De qualquer forma, Daniela Maia, presidente da Riotur, também fez questão de registrar, no comunicado oficial — assim como fez no lançamento do Caderno de Encargos do desfile da Estrada Intendente Magalhães — de que tudo vai depender do cenário da pandemia da Covid-19. A festa só acontece se houver autorização dos órgãos competentes no combate à doença.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Ambev troca Antarctica por Brahma no carnaval de rua do Rio (em 17/01/2020)

    PUBLICIDADE

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta