• Licitação do TSE adia novamente. Verba é de R$ 6 milhões

    TSE - Botão corrige

    R$ 6 milhões serão pouco para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) investir em comunicação na eleição de 2022, com tanto tiroteio que o órgão está recebendo do presidente Bolsonaro, por conta do voto eletrônico.

    Mas essa é a verba que está no edital de licitação nº 2/2021, código de concorrência 33383/2021, que, às 11:00h do dia 25/10, receberá propostas das agências interessadas na conta.

    Relembrando: a conta do TSE havia sido conquistada pela NBS na concorrência de 2018. Ou seja, a agência poderia renovar até 2023 com o órgão. Só que a Dentsu Aegis Network (DAN), controladora da NBS, resolveu deixar o mercado de Brasília e suas contas governamentais, obrigando o Tribunal a soltar nova licitação. Interessante notar que, já em 2018, a verba licitada havia sido de R$ 6 milhões.

    Inicialmente, a entrega das propostas para a atual concorrência era para ter sido dia 30/08. Foi adiado para 11/10, após diversos questionamentos.

    Para chegar aos documentos da disputa, entre na página do Sistema de Licitações (Silic) do TSE. Escolha o botão “Licitações Aguardando abertura”. Em Modalidade, selecione “Concorrência”. A segunda já é a de publicidade. Para poder baixar, o TSE obriga ao preenchimento de um cadastro com e-mail, nome e celular.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    TSE abre concorrência para nova agência com verba de R$ 6 milhões (em 20/06/2018)

    TSE atrai 11 agências por verba de R$ 6 milhões (em 25/09/2018)

    TSE oficializa a NBS como sua nova agência (em 15/03/2019)

    TSE renova com NBS até 2021 por R$ 6 milhões (em 24/06/2020)

    NBS encerra também com o TSE e decide deixar Brasília (em 23/06/2021)

    TSE abre concorrência depois de NBS deixar o mercado de Brasilia (em 13/07/2021)

    PUBLICIDADE

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta