• Vigilância Sanitária do Rio alerta veículos sobre produtos falsos

    2BFit 1000 - proibido pela Ivisa-Rio

    Os veículos de comunicação também podem ser responsabilizados pela veiculação de publicidade de produtos cosméticos ou medicamentos supostamente naturais fabricados por empresas desconhecidas.

    O alerta foi publicado nesta quinta-feira, 14/10, no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro pelo Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, de Zoonozes e de Inspeção Agropecuária (Ivisa-Rio), determinando a apreensão e inutilização das embalagens que ainda existirem no varejo das marcas 2BFit 1000, Ashram Aquarius, Fenix, Testomaster, Natural World, Green Life, Cha Diet e Capsnutry.

    Nas portarias que determinam as ações, a Ivisa-Rio completa que “as ações de fiscalização determinadas se aplicam, também, a quaisquer estabelecimentos ou veículos de comunicação que divulguem, comercializem ou utilizem os produtos”.

    Em contato com o órgão municipal, a Janela foi informada que a Ivisa-Rio faz fiscalizações regulares de material publicado nos veículos de comunicação e também averigua denúncias recebidas. “Além das diligências, são realizadas coletas de provas de divulgação como encartes e sites na internet, para evidenciar a comercialização”, explicou a assessoria de comunicação.

    A responsabilidade dos veículos de comunicação é tal que, diz a Ivisa-Rio, eles podem estar sujeitos às penalidades previstas “por divulgarem produtos que possibilitem interpretação falsa, erro ou confusão quanto à origem, procedência, natureza, composição ou qualidade. E que atribuam finalidades ou características diferentes daquelas que o produto realmente possui”. As penalidades são cíveis e criminais, cabendo à Anvisa investigar e realizar o ajuste de conduta.

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta