• Sebrae-SP acata os recursos e a Propeg sobe ao primeiro lugar

    Sebrae-SP

    Mudou tudo na concorrência do Sebrae de São Paulo. Classificada em primeiro lugar na fase técnica, com os resultados divulgados em setembro, a agência Brivia acabou perdendo a posição após a recontagem de pontos das concorrentes.

    O assunto é recorrente nas licitações públicas e nas críticas da Janela, que insiste que está na hora de as entidades do mercado publicitário se unirem para derrubar o excesso de burocracia nas avaliações formais do material das agências.

    Relembrando o imbroglio: a subcomissão de licitação desclassificou quatro das seis agências concorrentes — sem sequer divulgar que notas tiveram na avaliação técnica — por considerar que elas descumpriram o edital, apresentando mais peças do que o solicitado ou mais folhas numeradas.

    Propeg, DeBrito e OpusMúltipla entraram com recursos, inclusive para garantir que suas notas técnicas fossem reveladas. Como resultado da análise, ficou-se sabendo que a nota técnica da Propeg era de 39, a da DeBrito 30,5 e a da Opus 19,5. As duas primeiras foram reconduzidas ao grupo de classificadas mas a Opus se manteve desclassificada pela nota zero na capacidade de atendimento.

    Assim ficou, então, a pontuação da fase técnica das quatro agências consideradas classificadas

    # Agência Conceito Nota Técnica Capacidade de
    Atendimento
    Nota Final
    1º. Propeg Com os pequenos negócios nos grandes desafios 39 60 99
    2º. Brivia Sebrae São Paulo é pra você. É pra já 37,5 60 97,5
    3º. Rino Quer saber? Sebrae São Paulo 33,5 55 88,5
    4º. De Brito: Com o Sebrae você pode contar 30,5 52,5 83

    Na fase de propostas de preço, Propeg e Rino, por seus descontos fornecidos, receberam 62,5 pontos, a DeBrito 58,75 e a Brivia 57,50, levando a uma nova ordem de classificação:

    Classificação Licitante Índice Técnico – IT Índice de Preço – IP MIG
    Propeg 100% 100% 10,0000
    Brivia 98,4848% 92% 9,6539
    Rino 89,3939% 100% 9,2576
    DeBrito 83,8383% 94% 8,6887

    Agora, abriu-se na segunda-feira, 25/10, o prazo para que Brivia, Rino e DeBrito entrem com recurso sobre esta última fase. Se nenhuma mudar, bastará à Propeg não ter errado em sua documentação fiscal para poder assinar o contrato.

    Todo o histórico da concorrência está no Canal do Fornecedor do Sebrae.

    ATUALIZAÇÃO EM 19/11/2021

    O diretor superintendente interino do Sebrae-SP, Guilherme Campos Júnior, emitiu documento  nesta sexta, 19/11, mantendo a desclassificação da Opus Múltipla, “pela atribuição de nota zero em quesito do Envelope C”, e também mantendo a classificação da Propeg.

    Fica encerrada a fase de recursos, cabendo agora apenas a assinatura de contrato com a vencedora.

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Sebrae-SP elimina 4 das 6 concorrentes e Brivia sai na frente (em 22/09/2021)

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADESBT Rio

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta