• Caixa nega todos os recursos e mantém a Binder na frente

    Caixa Econômica Federal - Fachada

    A Caixa anunciou nesta quinta-feira, 27/10, que nada vai mudar no resultado de sua licitação de publicidade. A decisão acontece nada menos que 34 dias depois de Binder, Calia e Propeg darem o seu lado às reclamações apontadas pelas agências Fields, Lua e Nova/SB em seus recursos.

    Carlos Eduardo Melo da Silva, gerente da Centralizadora CN Contratações, responsável pela licitação 0345/5688-2021, que escolheria duas ou três agências para cuidar da comunicação da Caixa, informou que negou provimento às demandas e manteve “o resultado outrora proclamado para este certame”.

    Ou seja, Binder, Calia e Propeg seguem à frente na pontuação da fase técnica. Como já houve a abertura das propostas de preço e a habilitação, só faltaria às três ter seus contratos assinados.

    Em Brasília, no entanto, os comentários são de que a Nova/SB, quarta colocada na pontuação — ou seja, a primeira diretamente interessada em que alguma das três à sua frente percam pontos — iria judicializar a questão.

    Em conversa com a Janela, o fundador da Nova/SB, Bob Vieira da Costa, disse ainda não ter decisão tomada. “Vamos analisar com calma as respostas ao nosso recurso para definir como agiremos”, declarou.

    A verba em questão é de R$ 374 milhões e o histórico está na página de licitações da Caixa.

    Briga chega ao TCU

    No início de outubro, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), deu entrada no Tribunal de Contas da União (TCU) em uma representação questionando o resultado da licitação.

    O parlamentar acusou a Binder e a Calia de terem relação com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que estaria forçando a manutenção das agências. “São abundantes os indícios de que o certame foi maculado pelo direcionamento em favor das duas primeiras colocadas”, alegou Ramos no pedido da investigação.

    Em comunicado, a Caixa negou “enfaticamente qualquer interferência dos executivos do banco no processo licitatório em andamento”.

    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADESBT Rio
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    Binder, Calia e Propeg lideram a concorrência da Caixa (em 03/09/2021)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta