• Metropolitan reabre na Barra, agora como Qualistage

    Metropolitan

    Sabe ali onde era o Metropolitan? Pois é, a gente aposta que muita gente ainda vai falar assim quando inagurar em janeiro de 2022 o Qualistage, a nova casa de espetáculos que é iniciativa da Alexandre Accioly, Bernardo Amaral — filho do notório Ricardo Amaral — e Dody Sirena, com o naming rights patrocinado pela empresa de planos de saúde Qualicorp.

    Aliás, é curioso que ele já teve outros nomes: de 2000 a 2003, ATL Hall. Com a operadora Claro tendo comprado a ATL, foi até 2007 Claro Hall. De 2008 a 2015, Citibank Hall. Até passou entre 2015 e 2017, como Metropolitan, mas Ipiranga comprou os direitos e deu o nome absurdo de KM de Vantagens Hall. Mas todo mundo sempre lembra mesmo é de Metropolitan.

    A casa localizada no Via Parque Shopping, fechada desde 2020, terá capacidade para até 9,5 mil pessoas em pé ou 3.500 sentadas, voltada para o mesmo mercado anterior, de shows a eventos. A novidade é um estúdio de 100 metros quadrados atrás do palco, onde poderão ser gravadas entrevistas, campanhas publicitárias e outras atividades. Os sócios já garantem anunciar nas próximas semanas as atrações de estreia.

    O projeto de reforma do Qualistage, que terá inclusive um novo mobiliário — esses da foto já foram embora — tem a assinatura do arquiteto João Uchôa, mas conservará parte da concepção original do arquiteto Sérgio Dias, da luz de Peter Gasper e da acústica, assinada por Sólon do Vale.

    PUBLICIDADETupi FM
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADE
    PUBLICIDADESBT Rio

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    code

    seta